Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Biden nomeia juiz vetado por republicanos como procurador-geral

Merrick Garland havia sido indicado à Suprema Corte no fim do governo Obama.

Compartilhe

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, escolheu o juiz Merrick Garland para ocupar o cargo de procurador-geral, que chefia o Departamento de Justiça. A equipe de transição de Biden anunciou a indicação em um comunicado publicado nesta quinta-feira (7).

No final da gestão do democrata Barack Obama, Garland chegou a ser indicado para ocupar uma vaga na Suprema Corte dos EUA, mas sua nomeação foi vetada pela maioria republicana no Senado, que defendeu que o direito de escolha fosse dado ao próximo presidente – neste caso, Donald Trump.

Merrick Garland, de 68 anos, é juiz da Corte de Apelações do Distrito de Columbia, onde fica a capital Washington.

Merrick Garland (Foto: Andrew Harnik/AP/Arquivo)

Como advogado do Departamento de Justiça, ele foi o líder das investigações no atentado de Oklahoma, em 1995, que deixou cerca de 170 mortos após explosão – classificada como terrorismo doméstico – em um prédio no centro da capital do estado.

Além do procurador-geral, o escritório de Biden indicou os nomes de mais três membros do primeiro escalão da pasta, todas mulheres: Lisa Monaco como vice-procuradora-geral, Vanita Gupta como assessora especial da procuradoria e Kristen Clarke como assessora para a divisão de direitos civis.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar