Campanha de Trump manteve contatos com russos, diz jornal

As informações foram divulgadas pelo jornal "New York Times".

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, rejeitou nesta quarta-feira (15) a ideia de qualquer "conexão russa" em publicação no Twitter feita em meio a uma reportagem do "New York Times" que diz que membros de sua campanha presidencial tiveram contato com autoridades da inteligência da Rússia.

"Este non-sense de conexão russa é simplesmente uma tentativa de encobrir os muitos erros feitos na campanha perdedora de Hillary Clinton", disse em publicação no Twitter, citando sua ex-rival democrata na corrida à Casa Branca em 2016.

Segundo o "NY Times", registros telefônicos e chamadas interceptadas mostram que membros da campanha presidencial de Donald Trump tiveram contatos repetidos com autoridades do alto escalão da inteligência russa no ano anterior à eleição.

Agências da inteligência e lei dos EUA interceptaram as comunicações por volta do mesmo momento em que descobriram evidências de que a Rússia tentava atrapalhar a eleição presidencial ao hackear o Comitê Nacional Democrata, disseram três das autoridades, de acordo com o "Times".

 Donald Trump (Crédito:  AP Photo/Evan Vucci)
Donald Trump (Crédito: AP Photo/Evan Vucci)



Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com