CNN pede desculpas a telespectadores após exibir filme pornô

Em um comunicado oficial, a CNN jogou a culpa na RCN.

A CNN, uma das principais emissoras de TV dos EUA, teve de se reportar publicamente após uma falha, digamos, inusitada, ter levado ao ar, por quase 30 minutos, um filme pornô, em todos os lares da cidade de Boston, na noite desta quinta-feira.

Em um comunicado oficial, a CNN jogou a culpa na RCN, uma das principais operadoras de TV a cabo na Costa Leste. "A RCN colocou no ar conteúdo inapropriado por 30 minutos na CNN ontem à noite. A CNN já pediu explicações", diz o informe emitido.

Gerente-geral da RCN, Jeff Carlons declarou, em entrevista ao site "Mashable", que está investigando o ocorrido. "Estamos em processo de averiguação do incidente, a princípio não vimos indícios de comprometimento do sinal da CNN na noite de ontem, em Boston", despistou o executivo. Apesar da fala de Carlons, teve gente que flagrou a derrapada da RCN e, claro, postou nas redes.

Filme pornô exibido pela CNN (Crédito: Reprodução)
Filme pornô exibido pela CNN (Crédito: Reprodução)

Curiosamente, o programa que deveria ter sido exibido pela CNN nestes 30 minutos se chama "Partes Desconhecidas", com apresentação do jornalista Anthony Bourdain. No Twitter, muita gente fez piada sobre o ocorrido: "Parece que a CNN levou Partes Desconhecidas a um outro patamar. Adorei", escreveu um internauta.

No entanto, teve muita gente que chiou, uma vez que os EUA estão passando pelo feriadão do Dia de Ação de Graças, quando muitas faílias se reúnem em suas casas e, claro, deixam a suas TVS sintonizadas na tradicional emissora de notícias. Em tempo: a rebatedora RCN conta com mais de 300 mil assinantes na Costa Leste americana.

Fonte: Com informações do Jornal Extra
logomarca do portal meionorte..com