Eclipse solar total é visto por milhares de pessoas nos EUA

Trump colocou os óculos escuros especiais para ver o eclipse

Milhares de norte-americanos assistiram nesta segunda-feira (21) a um raro fenômeno natural: um eclipse solar total. A próxima vez em que o sol será totalmente coberto será em 2 de julho de 2019, com melhor visualização na Argentina e no Chile.

Na Casa Branca, o presidente Donald Trump colocou os óculos escuros especiais para assistir ao fenômeno. Chegou a olhar para o céu sem proteção -- o que os especialistas dizem para evitar. Ele estava acompanhado da mulher, Melania, e de um dos filhos.

Melania e Donald Trump (Crédito: Reuters)
Melania e Donald Trump (Crédito: Reuters)


A família Bush também se reuniu para assistir ao fenômeno. Quatro gerações estavam juntas no mesmo parque. O ex-presidente George Bush disse que já está ansioso pelo próximo evento, em 2024, nos Estados Unidos. O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, também acompanhou do Canadá.


A família Bush
A família Bush


ENTENDA  O ECLIPSE SOLAR TOTAL

Um eclipse solar ocorre quando a lua se posiciona de tal maneira entre o sol e a Terra que ela acaba por lançar "uma sombra" sobre o planeta, informa a Agência Espacial Americana (Nasa).

A lua, então, bloqueia a entrada de luz solar que chega à Terra. O eclipse desta segunda foi total -- o sol, a lua e a Terra ficaram bem alinhados, quase em linha reta.














Fonte: G1
logomarca do portal meionorte..com