Ex-Miss Finlândia é 12ª mulher a acusar Donald Trump de abuso

Ninni Laaksonen disse que Trump pegou em seu traseiro

Uma ex-Miss Finlância acusou Donald Trump de agarrá-la em 2006, quando ela representava o país no concurso de Miss Universo. Ninni Laaksonen é a 12ª mulher a expor publicamente uma queixo de abuso por parte do candidato republicano, o que lhe custou apoio popular e partidário na campanha presidencial.

Em entrevista ao jornal "Ilta-Sanomat", Ninni relatou que o empresário a segurou pelas costas antes de os dois aparecem no programa de David Letterman, em Nova York, ao lado de outras competidoras.

"Ele realmente pegou no meu traseiro. Acho que ninguém viu, mas eu me encolhi e pensei 'O que está acontecendo?'", recordou a finlandesa ao diário de seu país natal.A acusação reacende a pressão sobre o republicano, cujas declarações obscenas de sua relação com as mulheres, em vídeo vazado de 2005, já haviam afetado o desempenho do candidato nas pesquisas de intenção de voto.

Ex-Miss Finlândia é 12ª a acusar abuso de Trump (Crédito: Reprodução/ Youtube )
Ex-Miss Finlândia é 12ª a acusar abuso de Trump (Crédito: Reprodução/ Youtube )


Fonte: O Globo
logomarca do portal meionorte..com