Explosão em metrô de São Petersburgo foi terrorismo, diz premiê

Autoridades russas emitiram mandados de buscas para duas pessoas

O premiê russo Dmitry Medvedev afirmou pelo Facebook que a explosão que atingiu o metrô de São Petersburgo, na Rússia, nesta segunda-feira (3), e deixou pelos 10 mortos e dezenas de feridos, foi um "atentado terrorista".

O Comitê de Investigação do país fez um comunicado informando que foi aberta uma investigação por ato terrorista e que os investigadores vão examinar "todas as outras eventuais pistas".

Anteriormente, o presidente Vladimir Putin, que é natural de São Petersburgo, havia dito que não se sabia o que causou a explosão, mas que considerava a hipótese de se tratar de um atentado terrorista.

Explosão no metrô de São Petersburgo
Explosão no metrô de São Petersburgo


Em entrevista à emissora Vesti-24, o procurador-geral Aleksandr Kurennoi garantiu que as autoridades da Rússia não vão poupar esforços para esclarecer os fatos. "Faremos o máximo para esclarecer os fatores que tornaram possível esse ataque terrorista e para evitar novos casos no futuro", afirmou.

Explosão no metrô de São Petersburgo
Explosão no metrô de São Petersburgo


Não se sabe até então quem foram os autores do atentado. Ataques similares que aconteceram nos últimos anos no país foram realizados por grupos terroristas ligados a organizações separatistas da Chechênia e do Daguestão. Também não está descartada uma ação do Estado Islâmico por conta das operações militares russas na Síria.

Explosão no metrô de São Petersburgo
Explosão no metrô de São Petersburgo


A autoridades russas emitiram mandados de buscas para duas pessoas pelo suposto envolvimento na explosão, disse uma fonte da área de segurança à agência de notícias Interfax.

O metrô de Moscow e o aeroporto Pulkolvo, em São Petersburgo, também operam com segurança reforçada.

Explosão no metrô de São Petersburgo
Explosão no metrô de São Petersburgo


Explosão no metrô de São Petersburgo
Explosão no metrô de São Petersburgo



Fonte: Notícias ao Minuto