Homem invade hospital e mata a própria mãe que estava internada

O tiroteio causou pânico na unidade de saúde.

Travis Frink, de 49 anos, invadiu a UTI do Centro Médico Dartmouth-Hitchcock, no Estado de New Hampshire, nos Estados Unidos, para matar a própria mãe. Pamela Ferriere, de 70 anos, estava internada local e foi morta a tiros pelo agressor, que acabou sendo preso pela polícia quando tentava fugir.

"Os fatos que conseguimos reunir até agora mostram que a visita de Frink ao hospital foi mesmo para matar a mãe", informou o procurador geral Gordon MacDonald à "NBC". "Podemos confirmar também que mais de um tiro foi disparado, mas que nenhuma outra pessoa sofreu qualquer ferimento", completou.

O tiroteio causou pânico na unidade de saúde, que foi evacuada após o incidente.

O presidente do hospital Joanne Conroy lamentou o ocorrido. "Foi um dia muito triste e muito estressante, principalmente para a família envolvida. Se posso tirar algo de positivo desta situação é o fato de que mais ninguém se feriu", disse ele em entrevista.

Frink foi detido por seguranças quando tentava fugir e encaminhado para a delegacia. A polícia ainda não sabe o que motivou o crime, mas deve indiciar o acusado por homicídio.


Fonte: Com informações do Noticias ao Minuto