Jovem australiano tem perna ‘devorada’ por criaturas marinhas

Vídeo mostra as criaturas devorando pedaços de carne

Um jovem de 16 anos chegou a um hospital em Melbourne, na Austrália, com sangramentos severos nas pernas depois de ter sido atacado por pequenas criaturas marinhas em uma praia local.

O episódio ocorreu no último sábado (05), quando o adolescente, chamado Sam Kanizay, decidiu mergulhar suas pernas no mar depois de um jogo de futebol. Meia hora depois, sua família percebeu que seus pés e calcanhares estavam cobertos de sangue, e minúsculos animais estavam “devorando” sua carne.

“Quando ele saiu [do mar], disse que estava com areia nas pernas, então voltou para a água”, contou o pai do jovem, Jarrod Kanizay, em entrevista ao The Guardian. “Ele voltou para pegar os sapatos e viu o sangue em suas pernas. [As criaturas] comeram a pele de Sam e fizeram ele sangrar abundantemente.”

o adolescente com os pés feridos à espera de atendimento médico no hospital (Crédito: Reprodução)
o adolescente com os pés feridos à espera de atendimento médico no hospital (Crédito: Reprodução)

O especialista em animais marinhos invertebrados Alistair Poore, da Universidade de New South Wales, na Austrália, ficou surpreso com o caso. Ele acredita que as feridas podem ter sido causadas por piolhos do mar, uma espécie de pequenos animais carnívoros que, geralmente, ataca peixes. Se esse for o caso, afirma o especialista, um grande número dessas criaturas seria necessário para causar um sangramento tão expressivo.

Segundo o pai de Sam, o sangramento era tão intenso que mesmo a equipe do hospital não conseguia fazê-lo parar.

“Assim que eles limpavam [as pernas de Sam], elas voltavam a sangrar”, disse. “Havia uma enorme poça de sangue no chão. Ninguém sabia o que eram aquelas criaturas. [Os médicos] chamaram várias pessoas, tanto especialistas em toxicidade quanto especialistas marinhos, e outros médicos em Melbourne.” Ainda assim, afirma o pai, nenhum deles conseguia afirmar com certeza o que eram aqueles seres, ainda que a maior suspeita seja, até agora, de piolhos do mar.

Na noite seguinte, Kanizay voltou para a praia com uma rede de piscina e capturou as criaturas que ele acreditava serem as responsáveis pelo acidente. Ele filmou os pequenos animais em uma bandeja devorando pedaços de carne. “O que é claro é que essas pequenas coisas realmente amam carne”, ele disse sobre o vídeo.


Fonte: Com informações da Veja