Mulher morre após ser derrubada por rajada de vento de avião

Mulher estava pendurada na cerca da pista do aeroporto

Uma mulher da Nova Zelândia morreu em St. Maarten, no Caribe, após ser derrubada por uma rajada de vento causada por um avião.

De acordo com o relato da BBC, ela estava pendurada na cerca do Princess Juliana International Airport, quando foi derrubada por uma rajada de vento causada pela decolagem de uma aeronave, um Boeing 737.

A "brincadeira" é famosa entre os turistas que frequentam a praia que fica a poucos metros da cabeceira da pista do aeroporto. A cerca é sinalizada com placas que pede que os turistas não se pendurem no local, justamente por causa do risco de acidentes.

Aeroporto Internacionl Princess Juliana, em Saint Maarten, no Caribe, eleito o que oferece os pousos mais belos do mundo (Crédito: Reprodução)
Aeroporto Internacionl Princess Juliana, em Saint Maarten, no Caribe, eleito o que oferece os pousos mais belos do mundo (Crédito: Reprodução)

Segundo a Fox News, o incidente aconteceu na última quarta-feira (12). A mulher, de 57 anos, chegou a ser resgatada com vida, mas se chocou contra uma mureta de concreto e ficou seriamente ferida, e morreu em um hospital local.

O diretor de turismo da ilha, Rolando Brison, confirmou a morte para o jornal "NZ Herald". Apesar de não ter dado detalhes sobre a morte, ele disse que autoridades irão analisar imagens de câmeras na região para determinar o que aconteceu exatamente.

Fonte: Com informações do G1