mais

Negacionista mata irmão que aplicava vacinas contra Covid nos EUA

Em depoimento, a mãe de Burnham afirmou que ele costumava dizer que o FBI estava atrás deles.

Jeffrey Burnham, de 46 anos, é suspeito de ter assassinado o irmão dele, um farmacêutico que aplicava vacinas contra a Covid-19, nos Estados Unidos. Segundo a polícia, ele também teria matado a cunhada e uma idosa.

Após matar o irmão Brian Robinette, de 58 anos, a cunhada Kelly Sue Robinette, de 57, e uma amiga da mãe, Rebecca Reynolds, de 83 anos, Burnham foi à casa de um vizinho para pedir gasolina. A essa pessoa, o suspeito disse que ele o veria na TV e que seu irmão estava “matando pessoas com as aplicações de vacina contra a Covid”.

Negacionista mata irmão que aplicava vacinas contra Covid Negacionista mata irmão que aplicava vacinas contra Covid 

O crime ainda é investigado, mas a principal suspeita é a de que o assassino tenha cometido os crimes pois acreditava que o irmão ajudava o governo a “envenenar” as pessoas aplicando a vacina.

Em depoimento, a mãe de Burnham afirmou que ele costumava dizer que o FBI estava atrás deles.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail