Suspeito de provocar explosão em metrô de Londres é detido

A estação de metrô Parsons Green, em Londres, já foi reaberta.

Um jovem de apenas 18 anos, identidade não revelada, foi detido suspeito de envolvimento na explosão no metrô de Londres, onde 22 pessoas ficaram feridas. A informação foi divulgada na manhã deste sábado (16) pela polícia britânica.  A prisão ocorreu na região portuária de Dover.

A estação de metrô Parsons Green, no sudoeste de Londres, foi reaberta, segundo informou a Transport for London (TfL), empresa que opera a rede de transporte.

Um artefato de fabricação caseira, dentro de um cubo branco, explodiu parcialmente em um trem da linha District, que seguia para o centro da capital britânica, na parte da manhã.

As vítimas receberam atendimento médico em diversos hospitais de Londres, mas ninguém se feriu com gravidade.

Após o ataque, as autoridades elevaram para "crítico" - o mais alto - o nível de alerta terrorista no Reino Unido, que significa que um atentado pode ser iminente.

Local onde ocorreu a explosão (Crédito: SYLVAIN PENNEC/via REUTERS)
Local onde ocorreu a explosão (Crédito: SYLVAIN PENNEC/via REUTERS)



Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com