Trump ordena veto maior a estrangeiros após ataque em Nova York

Presidente americano não especificou quais medidas serão tomadas

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ordenou, na noite de terça-feira (31), que se "endureça" os vetos a cidadãos estrangeiros depois de ser divulgado que o autor do atentado que deixou oito mortos em Nova York é um imigrante do Uzbequistão.

"Acabo de ordenar ao [Departamento de] Segurança Nacional que endureça nosso programa de vetos, que já é extremo. Ser politicamente correto é bom, mas não para isto!", afirmou o presidente, através de uma mensagem no Twitter. Trump não quais medidas serão tomadas e, até a manhã desta quarta-feira, a Casa Branca não tinha divulgado detalhes.

Pouco antes, o presidente tinha se referido ao Estado Islâmico (EI) em outra mensagem, apesar do grupo terrorista não ter reivindicado, por enquanto, o ataque em Nova York. "Não devemos permitir que Estado Islâmico volte, ou entre, em nosso país depois de derrotá-los no Oriente Médio e em outros lugares", afirmou Trump.

O ataque aconteceu em um trecho da ciclovia que fica próximo do memorial do World Trade Center, construído após o atentado que destruiu as Torres Gêmeas e deixou mais de 3 mil mortos em 11 de setembro de 2001.

Policiais trabalham em local em que houve um tiroteio nesta terça-feira (31) em Nova York  (Crédito:  Andrew Kelly/Reuters)
Policiais trabalham em local em que houve um tiroteio nesta terça-feira (31) em Nova York (Crédito: Andrew Kelly/Reuters)



Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com