Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Vídeo mostra mãe chutando a filha de 3 anos para evitar esmagamento

As portas não tinham sensores para bloquear o fechamento.

Compartilhe
Google Whatsapp

Uma mãe enfrentou momentos de tensão ao ter que agir rápido para evitar que a filha de apenas três anos fosse esmagada entre duas portas de elevadores em Uban, na Malásia. Capturadas pelas câmeras de segurança do prédio que visitava, a mãe aparece chutando a criança para longe a medida que a menina se aproxima das portas e é quase prensada por elas.

Segundo Mo Adib, um guarda do lugar, as portas não tinham sensores de segurança para bloquear o fechamento quando a criança se aproximasse. "O elevador não tinha sensores. Existe apenas um botão dentro para deixar as portas abertas. A mãe foi muito rápida e mostrou sabedoria para ficar calma e chutar a filha para longe", declarou o homem.

"Ela nos contou o que aconteceu e nós fomos olhar as câmeras de segurança. Pais deveriam tomar cuidado quando eles têm crianças perto de elevadores", completou. Confira as imagens:



Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Carregar os comentários (0)

comentários

fechar comentários
Nenhum comentário feito até o momento

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto