O Jogo do Poder é um quadro dentro do Jornal Agora que pauta a política local e nacional com muito jogo de cintura. O sucesso da Rede Meio Norte tem ampla participação do público e dos próprios políticos, que não deixam de assistir ao especial televisivo que tem como principal característica, o imediato.

A repercussão do programa está com o povão, e também, é legitimada com a audiência de quem está, literalmente, “no poder”. Assim o programa influencia disputas políticas e decisões importantes, a partir dos comentários dos chamados “jogadores”, que são os comentaristas políticos do programa, sob liderança do apresentador Amadeu Campos.

Programa Jogo do Poder ter garantido uma boa audiência - Raíssa MoraisPrograma Jogo do Poder ter garantido uma boa audiência - Raíssa Morais

Audiência conquistada

De segunda à sexta-feira, no horário nobre da televisão piauiense, às 13h, o Jornal Agora avança pela tarde com muita informação e dinamismo. O ‘Jogo do Poder’ se mistura com o ‘Jornal Agora’ com uma proposta diferente de levar a informação. A partir de informações com bastidores, especulação política e notícias quentes, o televisivo conquista a audiência.

O quadro é a consolidação de uma proposta televisiva que dita rumos da política local, pautando, inclusive, veículos nacionais com as notícias na hora que acontecem. As entrevistas são outro ponto alto do programa, com a participação de figuras regionais e nacionais.

Amadeu Campos - o apresentador

“O Jogo do Poder começou em 2017. A ideia era que tivéssemos mudanças na estética, mas o principal era esse formato de reality news. É a pauta de notícias, com foco na administração e na política, com abordagens que chamam atenção. Mas é o número 1 pela qualidade, que vai desde a equipe técnica até a direção. A gente fala de política de forma coloquial e acessível. Assim as pessoas se interessam. Tudo em nossas vidas passa pela política. Preço da gasolina. Tem ônibus? A comida está cara? Então é isso que estamos fazendo. Fazer com que mais pessoas se interessem por um assunto tão importante. Quem faz a história toda é os jogadores, eu só conduzo com minha experiência de quase 40 anos de ofício”.

Os jogadores

Elenco fixo:

Apoliana: O diferencial é permitir a participação em tempo real(foto:Raíssa Morais)Apoliana: O diferencial é permitir a participação em tempo real(foto:Raíssa Morais)

Apoliana Oliveira

“O quadro tem um formato ímpar na televisão piauiense. O diferencial é permitir a participação em tempo real da audiência e das fontes, que repassam informações para construir o debate. A gente segue uma tendência nacional, com um time de comentaristas com cast que garante a participação feminina”.

Ari Carvalho:nova forma de reportar assuntos políticos e sérios(foto:Raíssa Morais)Ari Carvalho:nova forma de reportar assuntos políticos e sérios(foto:Raíssa Morais)

Arimatea Carvalho

“É uma nova forma de reportar assuntos políticos e sérios. É uma parte do jornalismo que as pessoas não gostavam de acompanhar, porque achavam um assunto chato, repetitivo e desinteressante. Mas o Jogo do Poder mostrou que é importante mostrar isso, pois são eles que definem como funciona o presente e o futuro. A gente mistura ironia, crítica, embate de opiniões. É uma mistura original de apresentação do assunto político para a audiência”.

Sávia Barreto:O programa é referência na política(foto:Raíssa Morais)Sávia Barreto:O programa é referência na política(foto:Raíssa Morais)

Sávia Barreto

“O programa é referência na política e também termina trazendo novidades que esquentam e movimentam o cenário político. Ou seja, o próprio Jogo se torna um personagem por causa das apurações exclusivas e das análises que trazem profundidade, contexto e uma dose de humor para equilibrar o tema, que às vezes é muito árido. Os políticos ficam sabendo do que outros atores falam sobre eles, respondem ao vivo e isso gera mais pauta. Sem contar a interação com a audiência, que tem seu ‘dedo’, sua voz, sempre sendo considerada, ditando os rumos do que é do interesse público. Avalio que esse é um dos diferenciais do quadro”.

Ananias Ribeiro:O Jogo do Poder é meu maior desafio em 15 anos(foto:Raíssa Morais)Ananias Ribeiro:O Jogo do Poder é meu maior desafio em 15 anos(foto:Raíssa Morais)

Ananias Ribeiro

"O Jogo do Poder é meu maior desafio em 15 anos de Jornalismo. Em mais de duas horas no ar, entregamos todos os dias notícias, entrevistas, flagras, bastidores, análises, indicamos o rumo das definições políticas. Isso só é possível graças ao trabalho jornalístico de toda equipe e a colaboração, muitas vezes em tempo real, durante o programa, das fontes. Todos que gostam e fazem política assistem o programa. E esse trabalho vai aumentar. Nos próximos meses teremos eleições gerais e a nossa responsabilidade com o telespectador cresce com a liderança da audiência. O Jogo do Poder estará a cada dia mais imperdível".

Convidados:

João Carvalho: A pauta é flutuante(Raíssa Morais)João Carvalho: A pauta é flutuante(Raíssa Morais)

João Carvalho

“O Jogo do Poder é um quadro que nunca dá para prever o que acontece. A pauta é flutuante. Tem as manchetes que você dá no dia e exclusivas que você dá na hora. O prefeito assiste, o governador assiste, o presidente da assembleia assiste. O poder judiciário. Então muita coisa a gente diz na hora mesmo”.

Francy Teixeira destaca a importância do programa (Foto: Raissa Morais)Francy Teixeira destaca a importância do programa (Foto: Raissa Morais)

Francy Teixeira

“É um grande privilégio participar do Jogo do Poder, sem dúvidas, é atualmente o quadro mais bem sucedido da tv local, sempre com grandes entrevistas e um alcance nacional. Além do mais, o quadro é ancorado pelo jornalista Amadeu Campos, a quem me espelho e tenho grande admiração, sem esquecer obviamente os demais integrantes que também me inspiram e agregam imensamente ao jornalismo político do Piauí. A importância do programa versa principalmente pela instantaneidade, por trazer um conteúdo atual sobre tudo o que cerca o meio político, ancorado por uma linguagem popular, despertando o interesse de toda a sociedade para a temática, fazendo assim com que os cidadãos tenham um olhar analítico e crítico sobre os mais variados assuntos”.

Efrém Ribeiro: Expõe a polótca com humor(Foto:reprodução)Efrém Ribeiro: Expõe a polótca com humor(Foto:reprodução)

Efrém Ribeiro

O Jogo do Poder tem audiência por expor a política, um tema árido e sem sabor, com humor, e fazer um verdadeiro reality dos políticos piauienses, além de analisar e dar coerência ou mostrar a incoerência, apontando as reais razões das decisões políticas. O que seria apenas um retrato da política termina criando uma realidade expandida, como ocorreu com a eleição da  ex-deputada deputada estadual Flora Izabel para o Tribunal de Contas do Estado (TCE), que normalmente é uma disputa entre os muros da Assembleia Legislativa se transformou em um assunto discutido e acompanhado pela população por conta da cobertura dada pelo Jogo do Poder”.

Repórteres

Solange Sousa e a notícia vinda direto da rua (foto:Divulgação)Solange Sousa e a notícia vinda direto da rua (foto:Divulgação)

Solange Sousa - repórter na rua

“Trabalho com o Amadeu há muito tempo e a experiência me mostrou que ele sempre se renova, se atualiza, se reinventa e isso é uma lição para a vida e para a profissão. Ele sempre exige o melhor de cada um que trabalha com ele, por exemplo. Aquela informação exclusiva, aquela imagem que ninguém tem, aquele fato noticiado de forma completa e isso tem feito a diferença no Jornal Agora e, claro, no Jogo do Poder, esse quadro que hoje é líder de audiência".

Socoro Sampaio:contribui com pautas internacionais(foto:Divulgação)Socoro Sampaio:contribui com pautas internacionais(foto:Divulgação)

Socorro Sampaio - correspondente internacional

“É uma honra! Participo de um quadro de maior audiência da tv piauiense! Tem a credibilidade do Amadeu, que comanda, além de todo o jogo de cintura dos jogadores. É um pessoa com muita informação de bastidores, com muitas fontes. É uma forma legal de falar de assuntos sérios, às vezes delicados, mas de uma forma fácil e muitas vezes leve. Não deixa de ser um fato sério, mas com muita responsabilidade”.

Ranielly Veloso:informações de Brasília(foto:arquivo pessoal)Ranielly Veloso:informações de Brasília(foto:arquivo pessoal)

Ranielly Veloso - direto de Brasília

"Poder levar diariamente tudo o que acontece em Brasília ao Jogo do Poder é estar mais próximo do público e das fontes, porque a resposta é imediata e a interação acontece. E o legal disso tudo é que somos a única emissora a estar presente no Congresso Nacional, no Palácio do Planalto, nos ministérios, no STF, ao vivo, no momento que o fato acontece, porque temos uma Rede para isso".