Jovem é diagnosticada com doença rara e família pede ajuda no PI

Os sintomas neurológicos mais comuns são demência e psicose

Os familiares e amigos da piauiense Ana Paula Maria Luz,  inciaram uma campanha para custear o tratamento médico da jovem, diagnosticada com uma patologia rara, a “Doença de Wilson”. De acordo com os familiares da bocainense, os primeiros sintomas surgiram no mês de janeiro quando a jovem começou a apresentar sintomas depressivos e de ansiedade. Em março, Ana Paula começou a ter dificuldade para andar, insônia e crises psicóticas.

O diagnóstico veio após dois meses internada no Hospital Universitário de Teresina. Durante o mês de junho Ana Paula foi internada no Hospital Santa Catarina, em São Paulo. Atualmente a jovem não anda, fala com bastante dificuldade e apresenta membros superiores e inferiores bem rígidos e parcialmente atrofiados.

A campanha busca financiar o tratamento que envolve diversos profissionais entre eles neurologista, psiquiatra, hepatologista, clínico geral, equipe de reabilitação e medicação prescrita. Além da transferência temporária de domicilio da cidade de Teresina para as revisões periódicas em São Paulo.

A doença de Wilson, ou degeneração hepatolenticular, é uma moléstia hereditária rara, com preponderância em homens. Sua principal característica é o acúmulo de cobre nos tecidos, o que provoca alterações no cérebro, fígado, rins e olhos.

Para ajudar:

Banco do Brasil

Banco: 001

Agência: 3350-2

Conta Poupança: 421.220-7

Variação: 51

Maria Rosa dos Santos


Fonte: Com informações do Portal o Povo
logomarca do portal meionorte..com