Enquanto a Secretaria de Saúde do Estado do Piauí (Sesapi) investiga a morte de centenas de aves na zona rural do município de Milton Brandão (a 238 km de Teresina), outra cidade piauiense entrou em alerta após o aparecimento de pássaros mortos por motivo também desconhecido.

Em Juazeiro do Piauí, situado a cerca de 72 km de distância de Milton Brandão, rolinhas e juritis foram vistas mortas às margens do rio Capivara, na localidade Mãe D'Água. O secretário de Meio Ambiente de Juazeiro do Piauí, Tarciso Visgueira, relatou os casos junto à Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Piauí (Semar) e Sesapi.

Aves aparecem mortas em Juazeiro do Piauí (Foto: Tarciso Visgueira)Aves aparecem mortas em Juazeiro do Piauí (Foto: Tarciso Visgueira)

De acordo com a Sesapi, técnicos dos setores de vigilância ambiental e vigilância epidemiológica da pasta vão até o município para fazer o registro da situação e coleta de material para análise laboratorial.

"A gente pede aos moradores, visitantes e as demais pessoas que não consumam ou façam a caça de pássaros, o que já é ilegal. Vamos aguardar as equipes da Semar para colher as amostras de água, aves e levar aos institutos que vão investigar a causa das mortes", contou Tarciso Visgueira.

Casos em Milton Brandão estão em investigação

No início do mês, centenas de aves das espécies juriti-pupu e rolinha apareceram mortas na zona rural de Milton Brandão. Os cadáveres dos animais, não que tinham ferimentos aparentes, foram encontrados às margens de lagoas na comunidade de Catanduvas. O fenômeno tem sido relatado por moradores desde o mês de julho.

O sanitarista e técnico da coordenação de vigilância ambiental da Sesapi, Mauro Barbosa, fez parte da equipe que se deslocou até a cidade. Ele informou que as equipes não identificaram nenhum caso relacionado a humanos do município e que as áreas técnicas aguardam os resultados dos exames para ter mais informações sobre a causa da morte dos animais.