SEÇÕES

Julgamentos do TRT/PI passam a ser 100% digital a partir desta terça (1º)

A adesão à modalidade será opcional, cabendo às partes e aos advogados optarem pelo Juízo 100% Digital

Julgamentos do TRT/PI passam a ser 100% digital a partir desta terça (1º) | Reprodução/Internet
FACEBOOK WHATSAPP TWITTER TELEGRAM MESSENGER

Foi aprovada, em sessão do Tribunal Pleno, a adesão do Tribunal Regional doTrabalho da 22ª Região, ao Juízo 100% Digital instituído pelo Conselho Nacional de Justiça. A ferramenta possibilita que todos os atos processuais (notificações, audiências e sessões de julgamento) sejam realizados por meio eletrônico e remoto. A adesão foi formalizada por meio da Resolução Administrativa 33/2021.

O projeto Juízo 100% Digital começará a ser implantado no TRT 22 a partir desta terça-feira (1°).

“O Juízo 100% Digital será implantado em todas as unidades jurisdicionais do TRT 22. Desta forma, o cidadão terá acesso à Justiça sem precisar comparecer fisicamente aos fóruns e às unidades judiciárias do Tribunal”, explicou o juiz auxiliar da Presidência, Adriano Craveiro Neves.  

A adesão à modalidade será opcional, cabendo às partes e aos advogados optarem pelo Juízo 100% Digital. A escolha poderá ser feita em qualquer momento do processo antes da pronunciação da sentença.  

Foto:  Reprodução/Internet

De acordo com a resolução aprovada, o atendimento para prestação de informações sobre processos que tramitam pelo Juízo 100% Digital será realizado de forma remota, durante o horário de expediente, por telefone, e-mail, vídeochamadas e pelo Balcão Virtual.  

“O TRT 22 já possui a grande maioria do seu acervo de processo judicial informatizado por meio do PJe, além de contar com ferramentas de atendimento remoto como o Balcão Virtual. Também estamos realizando, desde o início da pandemia, sessões e audiências no formato telepresencial. O Juízo 100% Digital é uma opção a mais que vai conferir celeridade com qualidade na prestação jurisdicional”, finalizou a desembargadora-presidente do TRT 22, Liana Ferraz de Carvalho.

Com informações do TRT22



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos