Laudo comprova abuso de homem de 62 anos em criança, diz delegada

A menina foi encaminhada para acompanhamento psicológico

Um laudo físico e um psíquico comprovou que o homem de 62 anos cuja identidade não foi revelada abusou da menina de 5 em um hipermercado em Porto Alegre no último sábado (23). A informação foi divulgada pela delegada Laura Rodrigues. "A perícia física deu negativa, não teve conjunção carnal, teve o toque. A perícia psíquica feita na menina por um psiquiatra constatou sofrimento psíquico", disse a delegada.

Aos gritos, a mãe da vítima fez a denúncia depois da criança relatar que o homem tocou em seu corpo durante alguns segundos. O pedófilo que não tinha antecedentes criminais foi preso em flagrante pela Brigada Militar, encaminhado ao Presídio Central e ficou em silêncio durante o depoimento.

O homem responde por estupro de vulnerável, por ser ato libidinoso, mesmo com a ausência de conjunção carnal. A pena vai de 8 a 15 anos de prisão. A delegada Laura Lopes alerta que o vídeo das câmeras do estabelecimento que comprova o abuso sexual está circulando nas redes sociais e que, de acordo com o artigo 241 A do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), a transmissão destas imagens também é considerada crime.

A menina foi encaminhada para acompanhamento psicológico após fazer exame de corpo delito e perícia psiquiátrica.


Fonte: Com informações da UOL
logomarca do portal meionorte..com