Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Leilão virtual arrecada recursos a entidades para idosos em Teresina

A campanha acontecerá em parceria com a Paróquia da Igreja da Catedral Nossa Senhora das Dores, localizada no centro da cidade

Compartilhe

Com o objetivo de prestar assistência à sociedade, a Rede Pense Piauí promove um leilão virtual de peças de artistas piauienses e outros produtos doados para arrecadar recursos e destinar às entidades que cuidam de idosos em Teresina. A campanha acontece em parceria com a Paróquia da Igreja da Catedral Nossa Senhora das Dores, localizada no centro da cidade, e já conta com importantes doações de quadros e esculturas de artistas do Piauí. A entidade religiosa destinará os recursos da ação para a compra de alimentos e itens essenciais para as instituições que cuidam de idosos.

Obra de Hostyano Machado

Entre os itens que serão leiloados, também está uma camisa da Seleção Brasileira autografada pelo ex-jogador Pelé. Tudo isso pensado e organizado para conseguir alcançar a meta de beneficiar pelo menos cinco instituições. "Nossa ideia é colaborar com as entidades que cuidam dos idosos que hoje integram o grupo de risco diante do novo coronavírus. Merecem nosso apoio e colaboração", afirmou Benjamim Pessoa Vale, um dos coordenadores da Rede Pense Piauí. 

De acordo com o monsenhor Klebert Viana de Carvalho, a ajuda da Rede Pense Piauí é uma ação divina para o olhar direcionado aos que mais precisam neste momento em que há o distanciamento social. "Os idosos vivenciam a solidão e o medo. E gestos como esses, neste momento em que mesmo longe precisamos nos dar as mãos, mostra a capacidade que os piauienses têm de pensar no outro, de ser solidário. Os abrigos de idosos são muitos carentes e essa ação é uma grande inspiração de Deus", afirmou.

Obra de Antônio Amaral

O monsenhor Klebert Viana acredita no sucesso da campanha por meio do leilão virtual e espera que os recursos arrecadados ajudem não só as entidades assistidas pela Igreja Católica. "Nossa missão será atender a todas as entidades. Pelo menos cinco que já temos mapeadas. Não importa a denominação religiosa, nossa missão será ajudar as pessoas e, juntos, vencermos", destacou.  


Piauienses abraçam a causa por meio de doações


A ação solidária já conta com as peças de alguns artistas piauienses que também integram essa corrente do bem. Antônio Amaral, artista plástico, doou uma de suas obras produzidas em 2019: um quadro que utiliza a técnica acrílico sobre a chapa de offset. E não é ó unico a cooperar diante desse momento. Antônio Quaresma, que define a fotografia como uma construção de realidades, também contribui com a doação de um quadro que utiliza a técnica de  impressão de vinil acrílico com pigmento de longa duração. 

E o acervo ainda conta com as generosas contribuições do empresário Silvio Leite, que doou os quadros "Pescadores", criado pelo artista Francisco Pedro; "Feira Festiva", produzido por Jota Batista; "Flores", de Stênio e as esculturas "Bonecas de barro de Pernambuco", de autoria desconhecida. E Grabiel Archanjo, artista autodidata, também soma a essa luta com a doação de uma escultura de cerâmica.  Jota A, jornalista-ilustrador, se sensibilizou com a iniciativa e realizou a doação de algumas de suas obras: "Amor", "Ditadura Morreu", "Inteligência Artificial", "Proteção" e "Sonho". 

Outros contribuintes, como Jota Batista, artista plástico, que se dedica à construção de pinturas brasileiras na sensualidade da cor, doou a peça "Cor e Vida". Além dele, Hostyano Machado (pintor, desenhista e escultor); o artista Josafá Silva; o fotógrafo Luís Mota; o Mestre Araújo, de Pedro II; Moisés; o fotógrafo e radialista, Neto Santos; o artista Nonato Oliveira; Paulo Barros, pintor e artista plástico e Rogério Albino, colaboram com a iniciativa que beneficiará um dos grupos de riscos nesse momento de pandemia ocasionada pela Covid-19. 

A campanha continua e os piauienses que quiseram participar, também por meio da doação de peças para o leilão, poderão entrar em contato com a Rede Pense Piauí. Os objetos serão oferecidos em leilão virtual, através do qual as pessoas previamente cadastradas pela internet poderão ofertar lances para adquirir os objetos que despertarem o seu interesse.

Nesse momento de pandemia, a Rede Pense Piauí tem organizado voluntários na produção de aventais, protetores e álcool em gel 70. Em apenas uma semana da campanha "Vamos Vencer Juntos" foram distribuídos mais de 11 mil itens para 23 instituições. A produção segue a todo vapor, mas precisa da colaboração de empresas e voluntários para atingir a meta de 120 mil itens/mês.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar