Maior avião comercial do mundo pousa no Aeroporto de Guarulhos

Esse é o primeiro voo comercial regular para a América do Sul.

 Depois de quase 15 horas de viagem, o Airbus A380 da Emirates Airline pousou neste domingo (26/03) às 17h15 no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, com um atraso de 45 minutos. Proveniente de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, esse é o primeiro voo comercial regular para a América do Sul com o maior avião de passageiros do mundo.

Com essa estreia, São Paulo se junta aos mais de 40 destinos da malha aérea da Emirates servidos pelo A380, incluindo Narita, Bangcoc, Hong Kong, Pequim, Taipé, Seul, Xangai e Guangzhou. A introdução do serviço com o A380 em Guarulhos, em São Paulo, com um atraso de 45 minutos. Proveniente de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, esse é o primeiro voo comercial regular para a América do Sul com o maior avião de passageiros do mundo.

O A380 substituiu o Boeing 777-300ER e marca o décimo ano de operações da Emirates no Brasil, que começou os voos diários entre Dubai e São Paulo em outubro de 2007. "A mudança para o A380 oferece um total de 959 assentos adicionais por semana em cada direção, o que vai ao encontro da demanda crescente de viajantes", afirma Hubert Frach, vice-presidente sênior de Operações Comerciais no Ocidente da Emirates.

O A380 da rota para São Paulo tem a configuração de três classes, oferecendo um total de 491 lugares, com 14 suítes da Primeira Classe, 76 na classe executiva e 401 na econômica. O voo de retorno de São Paulo para Dubai está programado para a madrugada desta segunda-feira.


Modificações para receber o gigante

O aeroporto de Guarulhos teve que adaptar a infraestrutura do terminal para receber aeronaves código "F", como é o caso do A380. Segundo a GRU Airport, concessionária do terminal, o maior desafio são os espaços de manobra e as curvas, devido à envergadura de quase 80 metros da aeronave.

O acostamento da maior pista do terminal, de 3.700 metros, foi alargada em 7,5 metros de cada lado, de um total de 60 para 75 metros. Além disso, foi adequada uma rota padronizada para a movimentação da aeronave nas taxiways. Mesmo com o investimento, o aeroporto tem um ganho maior graças ao porte da aeronave: enquanto a taxa de pouso de um Boeing 777 é de 8 mil reais, a do A380 é de 13 mil reais.

A operação da aeronave gigante em São Paulo, porém, não causa impacto relevante no funcionamento e tráfego do aeroporto, pois ela usa a pista normalmente destinada às decolagens. O A380 normalmente chega às 16h30 e decola às 1h25 da manhã, períodos de menor movimentação no aeroporto.

Fonte: Com informações do Uol
logomarca do portal meionorte..com