Mais de 200 agentes penitenciários fazem curso de armamento e tiro

Agentes estão sendo capacitados a manusear novos armamentos

A Secretaria de Justiça do Piauí (Sejus) iniciou, nesta segunda-feira (11), na sede da Academia de Formação Penitenciária do Estado (Acadepen), a segunda turma do curso de Armamento e Tiro, voltado para o treinamento de agentes penitenciários.

O curso tem duração de 20 horas/aula e abrange técnicas de montagem e manutenção de pistolas calibre .40 – a Secretaria de Justiça adquiriu 500 pistolas desse calibre e, para tanto, está preparando os agentes para o uso da arma.

A capacitação aborda itens como normas de segurança prisional, manutenção das armas e procedimentos que devem ser adotados no uso das pistolas. Ao todo, 240 agentes participaram do curso, 120 na primeira e 120 nesta segunda etapa.

“Qualquer curso oferecido sempre nos traz muitos conhecimentos. Para nós, que estamos recebendo armamento novo, é muito importante, pois estaremos conscientes sobre o armamento, segurança, como portar e manuseá-lo”, destaca o agente Antônio Vinícius.

O subsecretário de Justiça, Carlos Edilson Sousa, destaca que “estamos entusiasmados, pois é mais uma capacitação ao servidor. Trabalhamos para qualificar o agente, para que ele possa se aprimorar e prestar um serviço de qualidade ao Estado”.


Fonte: Portal Meio Norte
logomarca do portal meionorte..com