A riqueza pessoal de Mark Zuckerberg cerca de US$ 6 bilhões em poucas horas, fazendo-o descer um degrau na lista das pessoas mais ricas do mundo. A queda na fortuna do bilionário acompanhou a das ações do Facebook, depois de denúncias de uma ex-funcionária sobre a empresa e sobre a falha que deixa fora do ar os principais produtos da companhia.

O patrimônio do empresário é de US$ 116,8 bilhões, segundo o ranking de bilionários em tempo real da revista Forbes. ficando abaixo de Bill Gates (Microsoft), na quinta posição. 

Zuckerberg é agora a sexta pessoa mais rica do mundo. O líder é o empresário e fundador da Tesla, Elon Musk, que detém US$ 201,2 bilhões. À frente do líder do Facebook ainda estão nomes como Jeff Bezos (Amazon), Bernard Arnault (LVMH), Bill Gates (Microsoft) e Larry Ellison (Oracle).

Essa combinação de reveses fez investidores venderem papéis e as ações do gigante das mídias sociais perderam cerca de 5% nesta segunda-feira.

Mark Zuckerberg perdeu  US$ 7 bilhões em poucas horas Foto:  Anthony Quintano/FlickrMark Zuckerberg perdeu  US$ 7 bilhões em poucas horas Foto:  Anthony Quintano/Flickr

A queda das ações fez com que a fortuna de Zuckerberg caísse para US$ 120,9 bilhões, deixando-o abaixo de Bill Gates (Microsoft), na quinta posição no Índice de Bilionários da Bloomberg. Ele perdeu cerca de US$ 19 bilhões em riqueza desde 13 de setembro, quando seu patrimônio era avaliado em quase US$ 140 bilhões, de acordo com o índice.

Em 13 de setembro, o Wall Street Journal começou a publicar uma série de reportagens com base em documentos internos, revelando que o Facebook tinha conhecimento de uma ampla gama de problemas com seus produtos - como os danos do Instagram à saúde mental de adolescentes e desinformação sobre o ataque ao Capitólio em 6 de janeiro - enquanto minimiza as questões em público. Os relatórios chamaram a atenção de funcionários do governo e, na segunda-feira, a denunciante se revelou.