Mau cheiro no entorno do IML incomoda população

O mau cheiro pode ser sentido a até um quarteirão do prédio do IML

O prédio do Instituto Médico Legal (IML), localizado no bairro Saci, zona Sul Teresina, está com um problema grave. O mau cheiro dos cadáveres que estão nos freezers do espaço está incomodando moradores e comerciantes do entorno.

Segundo um morador que não quis se identificar, a situação está insustentável. Isso porque o problema é recorrente, e ninguém aguenta mais a situação. “Os moradores perdem o sossego e os comerciantes as vendas e o sossego. É uma situação muito complicada que somos obrigados a passar”, revela.

Prédio do IML
Prédio fica no bairro Saci, zona Sul de Teresina, área predominantemente residencial

O morador conta que existem pessoas quem pensam até mesmo em se mudar. “Já vi gente anunciando que vai vender a casa aonde mora porque não aguenta mais. Isso é um problema de anos. Pelo menos três vezes no ano isso acontece, e quem tem que aguentar somos nós”, ressalta.

O mau cheiro pode ser sentido a até um quarteirão do prédio do IML. De acordo com informações colhidas no local, alguns corpos precisariam ser transferidos por problemas de manutenção dos freezers.

Procurada pela reportagem, a direção do IML afirma que já está resolvendo a situação, mas não deu maiores detalhes de como o problema seria resolvido e até quando. Enquanto isso os moradores cobram uma medida emergencial e efetiva, para que o transtorno não se repita.


Por Lucrécio Arrais

Fonte: Com informações de Lucrécio Arrais