Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Médico pensou que Diana sobreviveria

Médico pensou que Diana sobreviveria

Compartilhe

O primeiro m?dico a chegar ao local do acidente com o Mercedes no qual estava a princesa Diana na noite em que ela morreu, h? dez anos, em Paris, pensou que Lady Di sobreviveria.

A trag?dia ocorreu quando o ve?culo no qual Diana estava com seu namorado, Dodi Al-Fayed, que tamb?m morreu no acidente, bateu contra uma coluna de um t?nel parisiense no dia 31 de agosto de 1997.

Em videoconfer?ncia feita em Paris, o m?dico Frederic Mailliez disse ao j?ri encarregado da investiga??o judicial que est? sendo realizada em Londres que viu o carro da princesa enquanto dirigia pela Ponte d"Alma, na capital francesa.

Ao perceber a colis?o, Mailliez correu para prestar socorro.

"(Diana) Estava viva. Reclamava, respirava, mas estava muito fraca", disse.

"Lembro a buzina fazendo barulho e lembro que a parte dianteira do carro estava danificada e o motor, quase partido em duas partes", acrescentou.

Mailliez afirmou que viu que o seguran?a da princesa, Trevor Rees-Jones, o ?nico sobrevivente, estava vivo, mas gravemente ferido no banco da frente.

A testemunha disse que s? percebeu que a mulher que estava dentro do carro era a princesa quando ouviu as not?cias no dia seguinte.

Sobre o estado de Diana, o m?dico n?o lembra que a ex-mulher do pr?ncipe Charles da Inglaterra tenha sofrido qualquer "les?o ?bvia na cabe?a".

"S? me recordo de algumas gotas de sangue, mas n?o diria que eram causadas por uma les?o grave", disse.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar