Menina de 10 anos é baleada na cabeça e morre durante tiroteio

Menina que levou tiro na cabeça é 5ª criança vítima de bala perdida

Uma menina foi morta nesta terça-feira (4) com um tiro na cabeça, durante um tiroteio na favela Camarista Méier, no conjunto de comunidades no Lins de Vasconcelos, Zona Norte do Rio. A vítima é Vanessa Santos, de 10 anos. Segundo a ONG Rio de Paz, ela é a quinta criança vítima de bala perdida no Rio em 2017.

Vanessa chegou a ser socorrida por PMs numa viatura da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Camarista Méier para o Hospital Municipal Salgado Filho, mas não resistiu aos ferimentos.


Vanessa era caçula de três irmãos e vivia na Rua Maranhão, uma das vias da Comunidade Boca do Mato, que também integra o conjunto de favelas. A menina tinha acabado de chegar da escola quando foi baleada.

Tio morto há 5 anos

A menina não é a primeira pessoa de sua família a ser vítima da violência no Rio de Janeiro. O tio dela, há cerca de cinco anos, também foi morto no Complexo do Lins. A informação foi confirmada pela avó da criança.

O irmão de Vanessa também tentou socorrer a menina e falou com o RJTV na porta do hospital.

"A namorada do meu irmão falou que na hora do tiroteio a minha irmã estava com medo. Aí, ela viu o tiro acertando na parede e falou: 'Aqui, o tiro, estou com medo'", contou o irmão da vítima, Igor Santos.

Na ação, PMs da UPP usaram um carro blindado e trocaram tiros com traficantes de drogas.

Além de Vanessa, o subcomandante da UPP, tenente Márcio Luiz, também foi atingido por um dos disparos. O oficial foi baleado no ombro e levado para o Hospital Naval Marcílio Dias, no Lins, e não corre risco de vida. A PM informou que o Batalhão de Choque e outras UPPs da região reforçaram o policiamento na comunidade.

Em uma semana, moradores denunciaram pelo menos cento e 68 tiroteios no Rio. Só nesta terça, até as 18h, foram 15 confrontos na cidade, com dois mortos e dois feridos.


Image title

Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com