Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Menina de 9 anos é estuprada pela 2° vez dentro de banheiro de escola

Não há informações sobre o paradeiro do suspeito. Em depoimento à polícia, mãe diz que filha foi vítima do mesmo crime aos 6 anos.

Compartilhe
Google Whatsapp

Uma menina, de 9 anos, foi estuprada dentro do banheiro de uma escola localizada na BR-364, em Porto Velho. O caso foi registrado pela Polícia Militar (PM) na madrugada deste sábado (5). Conforme o boletim da corporação, o crime foi descoberto após a mãe da vítima notar indícios de estupro. Não há informações sobre o suspeito (se ele foi identificado ou encontrado).

De acordo com o histórico da ocorrência, uma equipe da PM foi chamada até o Hospital Cosme e Damião, unidade onde a menina estava sendo atendida.

A mãe da criança contou aos policiais que a menina estava na escola na manhã de sexta-feira (4), enquanto ela estava no trabalho e que, ao chegar em casa às 19h, notou que havia uma secreção na região íntima da menina. Ainda em depoimento à PM, a mãe disse que a filha havia sido vítima do mesmo crime aos 6 anos de idade.

Ao questionar a criança sobre o que teria acontecido dentro da escola, ela preferiu não contar nada de início. Porém, por insistência da mãe, a menina explicou que foi abordada por um homem na escola e, na sequência, levada por ele ao banheiro da instituição de ensino, onde ocorreu o ato.

Perguntada sobre quem era essa pessoa, a menina apenas detalhou as características do suspeito. A menina disse ainda que, após o estupro, o homem trocou de camisa.

A mulher contou também à polícia que a filha seguiu à sala de aula depois do ato, enquanto o homem continuou dentro do banheiro. A vítima não soube dizer para onde o suspeito foi, nem mesmo se era funcionário da instituição de ensino.

Após o relato da filha, a mulher a levou ao hospital, onde a médica de plantão averiguou a mesma secreção notada pela mãe na região íntima da vítima. O crime foi registrado na 2ª Delegacia de Polícia Civil de Porto Velho.

A direção da escola informou não ter sido procurada pela mãe da criança sobre o caso e que vai à polícia em busca de mais informações.

Maior taxa de estupro

Porto Velho teve a maior taxa de estupro entre as capitais brasileiras durante 2018, segundo revela o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Atualmente, a taxa é de 79,5 casos para cada 100 mil habitantes, o que faz a capital liderar o ranking de vítimas violentadas sexualmente.

Ainda segundo o 13° Anuário Brasileiro de Segurança Pública, os estupros cresceram 16% em Porto Velho no último ano. Ao longo de 2018, a cidade teve 413 ocorrências de estupros. Já em 2017 foram 355 casos.

De acordo com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o crescimento no número de estupros coloca Porto Velho à frente das grandes metrópoles, como Salvador, que tem quase 3 milhões de habitantes. Na capital baiana, por exemplo, foram 352 estupros em 2018. Isto representa uma taxa de 12,3 a cada 100 mil habitantes.

Porto Velho, com 560 mil habitantes, também teve mais estupros do que Goiânia (GO), com 1,5 milhão de habitantes, e São Luís (MA), com 1 milhão.

Segundo o Fórum Brasileiro, os números de Porto Velho incluem os casos de estupro de vulnerável, isto é, quando a vítima tem menos de 14 anos.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se