Ministro da Saúde é levado para hospital após passar mal em evento

Barros pediu para ser avaliado por um médico.

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, sentiu um pico de pressão durante um seminário que estava sendo realizado no Hospital Alemão Oswaldo Cruz, na região central de São Paulo. Como fez um cateterismo na semana passada, Barros pediu para ser avaliado por um médico, que o colocou em observação. Os exames não mostraram problemas, e o ministro deve ter alta ao longo do dia.

Ministro da Saúde, Ricardo Barros (Crédito: Givaldo Barbosa / Agência O Globo)
Ministro da Saúde, Ricardo Barros (Crédito: Givaldo Barbosa / Agência O Globo)

Barros participava de um evento sobre organizações sociais no próprio hospital quando sentiu-se mal e foi atendido. Devido ao problema, ele adiou a participação em um mutirão junto com o o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB).

Segundo o Ministério da Saúde, Barros foi submetido a um o eletrocardiograma, que apresentou resultados normais. "O protocolo para qualquer intercorrência pós-operatória pede que o paciente fique em observação. O ministro, portanto, está bem e aguarda a finalização do protocolo de atendimento", informou o ministério.

Na sexta-feira, Barros passou por cateterismo seguido de angioplastia. Até as 12h30, não havia previsão de quando ele sairia do hospital.




Fonte: OGlobo
logomarca do portal meionorte..com