Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Ministro diz que Brasil deve passar por até 90 dias de muito estresse

A afirmação foi feita com base no que aconteceu em outros países onde o vírus se espalhou mais cedo que no Brasil.

Compartilhe

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou hoje que o governo projeta um crescimento no número de casos do novo coronavírus entre os meses de abril e junho, o que deve pressionar a capacidade de atendimento do sistema público de saúde.

"Vamos passar 60 a 90 dias de muito estresse", disse o ministro, em apresentação hoje sobre a situação do coronavírus no país.

Segundo o ministro, apenas em julho o crescimento no número de casos deve se estabilizar. A partir de setembro, diz Mandetta, deve ser menor a quantidade de novos casos.

A afirmação foi feita com base no que aconteceu em outros países onde o vírus se espalhou mais cedo que no Brasil.

Segundo o ministro, é esperado que entre 80% a 85% das pessoas infectadas não apresentem sintomas ou tenham apenas sintomas leves, como um resfriado.

Mandetta diz que 15% dos casos terão sintomas mais graves e devem precisar de atendimento hospitalar, e que de 4% a 5% dos pacientes deverão precisar de atendimento em UTIs.

As medidas para a restrição da circulação de pessoas nas cidades, como a suspensão das aulas em alguns estados, têm o objetivo de reduzir a velocidade da transmissão do vírus e, com isso, fazer com que menos pacientes precisem de internação ao mesmo tempo.

Casos oficiais de coronavírus no Brasil


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar