Moradora escreve frases educativas para inibir ação de sujões

Comunidade pode ajudar o trabalho da PMT com denúncias

Muitas pessoas fazem o que estão ao seu alcance para cuidar do meio ambiente e manter a própria rua e o bairro onde vive limpo longe da sujeira e de mosquitos transmissores de doenças como dengue, zika e chikungunya. É o caso da moradora do Residencial Árvores Verdes, Francislene Oliveira, que escreveu frases de cunho educativo em área utilizada de forma irregular pela própria comunidade para despejo de lixo doméstico e até resíduos sólidos.

 

De acordo com Franscilene Oliveira, a ideia surgiu com o objetivo de conscientizar a vizinhança para tal postura e assim, colaborarem com a limpeza. “Eu moro aqui já faz 6 anos e há vizinhos que jogam lixo sem nenhum pudor. Tive a deia e ainda assim a má postura continua. Eu me preocupo porque tenho dois filhos pequenos e como mãe não quero meus filhos doentes. Escrevi as frases no muro e na época da Copa do Mundo também pintei com bandeiras do Brasil justamente para inibir a ação”, comentou a moradora. 

Segundo ela, falta educação por parte da comunidade e mais respeito. “O pessoal não tem. O carro de lixo passa aqui toda semana, religiosamente terça, quinta e sábado pela manhã. Eu já cheguei a testemunhar gente jogando depois que o carro passou em menos de minutos. Acho isso inadmissível, fico revoltada. Vou continuar escrevendo mais frases e quero no futuro plantar rosas e outras flores para inibir isso, talvez com a beleza das flores os moradores ficam com pena e parem de jogar lixo”, relatou Oliveira.

Conforme João Pádua, superintendente de Desenvolvimento Urbano Leste (SDU Leste), os serviços de limpeza têm sido um ponto importante da gestão municipal. “Atualmente, a cidade de Teresina tem uma cobertura dos serviços de coleta domiciliar de forma eficiente. Ainda assim, solicitamos também o apoio da população no sentindo de fazer o acondicionamento do lixo da maneira correta e também em evitar despejar materiais em praças, no meio de ruas e avenidas”, frisou o gestor.

De acordo com Renato Lopes, gerente de serviços urbanos, a programação é regular e a limpeza é feita em todos os bairros. “É um compromisso da Prefeitura de manter a cidade limpa. Nesse sentindo, a comunidade pode também nos ajudar com informações ou denúncias sobre descarte incorreto de lixo domiciliar pelo número (86) 3215- 7875 ou pelo (86) 3221 7050 com a equipe do Lixo Zero. Além do contato através do aplicativo Colab, de fácil acesso, onde qualquer cidadão pode baixá-lo e interagir com a PMT”, disse o gerente. 

Fonte: PMT
logomarca do portal meionorte..com