Motorista avança sobre paradas de ônibus e mata um na França

Promotor diz a agência que caso não é tratado como terror

Um pedestre morreu depois que um motorista avançou sobre duas paradas de ônibus em Marselha, na França, na manhã desta segunda-feira. O jornal "La Provence" sustenta que a vítima é uma mulher de 42 anos. Agentes da polícia cercam o local e orientam moradores a evitar a região.

As autoridades, que detiveram o motorista, investigam a motivação da batida. O suspeito tem 35 anos, segundo o diário "Le Parisien", segundo o qual há dúvida quanto à voluntariedade da ação do homem. Um promotor revelou à agência France Presse que o caso não é tratado como terrorismo. O "Guardian" ressaltou que o condutor seria conhecido pela polícia por atos de delinquência de menor lesividade.

De acordo com a agência AFP, o carro atropelou pedestres em duas paradas de transporte diferentes. Pelo menos uma pessoa, que também seria do gênero feminino, ficou ferida no incidente.

Pelo Twitter, a polícia local anunciou, pouco antes das 6h (horário de Brasília), que uma operação estava em curso e pediu que motoristas e pedestres desviassem suas rotas.

O "Parisien" destacou que, por volta de 8h (3h em Brasília), o motorista avançou sobre o primeiro ponto de ônibus no bairro de Croix-Rouge. Lá, feriu uma pessoa. Um hora e quinze minutos mais tarde, o mesmo condutor invadiu uma segunda parada, no bairro de Valentine, e matou uma mulher.

Polícia forense investiga cena de suposto atropelamento  (Crédito: BORIS HORVAT / AFP  )
Polícia forense investiga cena de suposto atropelamento (Crédito: BORIS HORVAT / AFP )
Polícia forense investiga cena de suposto atropelamento  (Crédito:  PHILIPPE LAURENSON / REUTERS)
Polícia forense investiga cena de suposto atropelamento (Crédito: PHILIPPE LAURENSON / REUTERS)


Fonte: Com informações do OGlobo
logomarca do portal meionorte..com