Motorista e cobrador prestam depoimento após ônibus incendiado

Estudante da UFPI é preso após tentar incendiar ônibus

O delegado do 1º Distrito Policial de Teresina, Mamede Rodrigues, informou que o motorista e cobrador da empresa Transcol, que tiveram o ônibus incendiado durante protesto contra o aumento da tarifa na última segunda-feira (09), prestaram depoimentos para fornecer informação e identificar os responsáveis pelo incêndio e distrição do veículo.

O incêndio aconteceu na Avenida Frei Serafim, no cruzamento com a Rua Arthur de Vasconcelos, na segunda-feira (09). durante protesto contra o aumento da passagem de ônibus. O transporte fazia a linha Centro ao bairro Redenção.

Mamede Rodrigues disse que enviou um investigador para o local onde o veículo foi incendiado, na Avenida Frei Serafim, com o cruzamento da Rua Arthur de Vasconcelos, para verificar se no local existem câmeras que registram o crime.

“Não vai ser difícil identificar e localizar as pessoas que destruíram o ônibus. Eles vão responder criminalmente pelo ato. Não haverá dificuldades em localizar o endereço dessas pessoas. Vamos investigar e punir o autor ou os autores. Já abrimos inquérito, estamos fazendo diligências e vamos chegar o autor do crime o mais rápido possível”, declarou Mamede Rodrigues.

Estudante da UFPI é preso após tentar incendiar ônibus

Um rapaz de 23 anos foi preso após tentar incendiar um ônibus que faz a linha Universidade Circular I em frente a Universidade Federal do Piauí (Ufpi) na noite dessa terça-feira (10). Segundo relatos um grupo mascado parou o veículo, mandou todos os passageiros saírem do ônibus e jogou a gasolina no transporte.

O principio de incêndio foi controlado por guardas da Ufpi. O suspeito foi identificado como sendo Luan Alves dos Santos, 23 anos, um estudante do Curso de Filosofia da Instituição.

O material usado para atear fogo no transporte público foi um litro de garrafa pet com gasolina, que foi deixado no local. O ônibus só não ficou destruído porque os vigilantes da Ufpi e os policiais militares da Força Tática, que passava pelo local, utilizaram um extintor para evitar a propagação das chamas.

No ônibus ficaram apenas algumas marcas de destruição, pois o fogo foi controlado rapidamente. Após o ocorrido, os vigilantes e os passageiros foram prestar esclarecimento na Central de Flagrantes e fazer o reconhecimento do detido.

Passagem de ônibus

Há três dias estudantes protestam contra o reajuste na tarifa de ônibus da Capital que saltou de R$ 2,75 para R$ 3,30, um aumento de R$ 0,55. Os manifestantes têm ido ao Centro de Teresina todos os dias com palavras de ordem e cartazes pedindo o a redução da passagem. No último dia 09, segunda-feira, um ônibus foi incendiado na Avenida Frei Serafim, após confronto de policiais e os estudantes.


Fonte: Com informações do repórter Efrém Ribeiro
logomarca do portal meionorte..com