Motoristas da Dois Irmãos decretam greve por tempo indeterminado

A greve começara na terça, 03 de janeiro.

Os motoristas, cobradores e fiscais das empresas das 11 linhas de ônibus urbano de Teresina e da linha da capital piauiense a Timon (MA) operadas pela empresa Dois Irmãos irão paralisar suas atividades por tempo indeterminado a partir da zero hora do dia 3 de janeiro, uma terça-feira.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Empresas de Transporte do Estado do Piauí (Sintetro), Fernando Feijão, afirmou que os motoristas, cobradores e os outros trabalhadores, em um total de 200, irão entrar em greve por tempo indeterminado em protesto contra o atraso no pagamento das férias de 40 funcionários da empresa Dois Irmãos desde o mês de outubro.

“Os trabalhadores que entraram de férias em outubro, novembro e dezembro não receberam o pagamento de suas férias porque a empresa alega que não tem dinheiro para pagar. As férias estão vencidas e os empregados não estão recebendo por elas”, falou Fernando Feijó.

Sindicato dos Trabalhadores de Empresas de Transporte do Estado do Piauí publicou edital comunicando a deflagração da greve a partir do dia 3 de janeiro à Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (Strans), Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (Setut), Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTPS), Consóricio Intermunicipal de Mobilidade Urbana (Cimu) e à empresa Dois Irmãos.

Fernando Feijó informou que a empresa Dois Irmãos opera 11 linhas de ônibus urbanos, em um consórcio, nas linhas São Paulo, Parque Jurema, Jardim Europa, Alto da Ressurreição, Redonda e Todos os Santos, na zona Sudeste, e a linha Teresina a Timon.

Fonte: Com informações de Efém Ribeiro
logomarca do portal meionorte..com