Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Mulher acusada de matar vizinha a facadas é presa em Teresina

A prisão aconteceu após a acusada ir prestar depoimento na Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa - DHPP na companhia de seu advogado.

Compartilhe

Na manhã desta terça-feira (13), a Polícia Civil prendeu Maria Lúcia Pinheiro de Melo, acusada de assassinar uma vizinha a facadas no dia 25 de setembro, no conjunto Taquari, na zona Leste de Teresina. A prisão aconteceu após a acusada ir prestar depoimento na Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa - DHPP na companhia de  seu advogado, e chegando lá foi constatado que ela tinha um mandado de prisão preventiva em aberto desde 10 de outubro. 

Segundo informações, ela prestou depoimento, mas não confessou a autoria do crime, porém devido o mandado de prisão em aberto ela foi detida e conduzida para o sistema prisional. 

"Nós ainda temos 10 dias para concluir esse inquérito, e eu prefiro não manifestar o que ela falou porque o inquérito ainda está em andamento. Nós já tínhamos muitas informações no inquérito, a investigação já estava em andamento desde do próprio dia 25, e com as informações que nós temos deu um bom embasamento para o deferimento da prisão preventiva dela." declarou a delegada Luana Alves.


Entenda o caso

Uma mulher identificada como Ana Lopes Neta, de 59 anos, foi morta a golpes de faca na porta de uma residência na manhã de quinta-feira (25/09), no conjunto Taquari, zona Leste de Teresina. A vítima possui um comércio na região e vinha sofrendo ameaças. 

Segundo informações, a vítima teria ido comprar verduras e no caminho de volta para casa foi abordada e esfaqueada diversas vezes. Ana Lopes chegou a correr e pedir ajuda, mas caiu sem vida em frente a uma casa do conjunto.

Segundo os moradores, uma mulher é suspeita de ter desferido os golpes. Os vizinhos escutaram os gritos de socorro da vítima, mas ao saírem já encontraram a idosa no calçada da casa. Ainda segundo relatos, Ana já vinha sofrendo ameaças por uma mulher que a perseguia, e inclusive, a idosa já havia registrado um boletim de ocorrência após ter sido agredida pela suspeita.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar