Mulher atingida por bala perdida em Campo Maior fica paraplégica

Além de Marlucia outras duas pessoas foram atingidas

O Hospital de Urgência de Teresina - HUT divulgou na quinta-feira (06), o laudo médico da empresária Marlucia Pereira de Sousa, de 40 anos, vítima de bala perdida durante tiroteio no Bairro Matadouro em Campo Maior, ocorrido no último dia 02/09.

Além de Marlucia outras duas pessoas foram atingidas.O laudo médico afirma que Marlucia Pereira teve traumatismo raquimedular e encontra-se paraplégica.

De acordo com informações de testemunhas, o filho da proprietária do estabelecimento, conhecido como Clesio foi separar uma briga entre dois clientes e acabou levando alguns socos de um dos envolvidos identificado como Maciel e o ameaçou de morte.

Maciel teria ido em casa pegar uma arma e voltou ao bar atirando. Neste momento Clesio resolveu revidar atirando contra Maciel. A troca de tiros terminou com duas mulheres baleadas. Uma delas se chama Aldaísa que foi alvejada na perna e nas nádegas e a outra é a empresária Marlúcia Pereira de Sousa que saiu desacordada, mas não se sabe quantos tiros ela sofreu e qual a região do corpo foi atingido.

A polícia ainda não havia conseguido capturar os envolvidos e não tem a confirmação de qual revólver saiu as balas que acertaram as vítimas. Clésio e Maciel já são conhecidos da polícia.



Fonte: Com informações do Portal de Campo Maior