Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Mulher é encontrada morta em hotel e ex é o principal suspeito

O casal chegou junto ao hotel na segunda-feira (8), por volta das 12h30, e o homem saiu sozinho por volta das 15 horas, deixando o quarto trancado

Compartilhe
Google Whatsapp

Uma mulher de 32 anos identificada como Luciana Aparecida da Silveira foi encontrada morta no Hotel Trevo, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), na manhã desta quarta-feira (10).

Luciana foi encontrada por funcionários do hotel, deitada em cima da cama, já sem vida. O principal suspeito da morte é seu ex-namorado, D.D.M., de 39 anos.

O casal chegou junto ao hotel na segunda-feira (8), por volta das 12h30, e o homem saiu sozinho por volta das 15 horas, deixando o quarto trancado. A mulher não havia mais sido vista desde então.

Assim que o corpo foi encontrado, as polícias Militar e Civil foram acionadas. Uma equipe da Delegacia Especializada em Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) apurou, preliminarmente, que a causa da morte foi por asfixia.

Até o momento o ex-companheiro da vítima não foi localizado. O caso será investigado pela DHPP.

Histórico do casal

No dia 22 de junho deste ano, Luciana havia registrado um boletim de ocorrência contra o ex-namorado, afirmando que já havia sido agredida por ele diversas vezes e, inclusive, já tinha uma medida protetiva contra ele, mas que havia sido retirada por ela voltar a conviver com o ex.

Porém, conforme o boletim de ocorrência, depois que ela voltou a conviver com ele as ameaças e agressões físicas passaram a ser frequentes e, por não aguentar mais a violência e, por medo, ela resolveu sair escondida de casa.

Ainda conforme o relato da vítima, as ameaças do ex-companheiro já estavam sendo estendidas aos parentes dela. O caso foi registrado na Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande como lesão corporal e ameaça.

Em março deste ano, no entanto, o suspeito é que havia registrado um boletim contra Luciana, afirmando que ela havia saído de casa, mas o estava ameaçando e, inclusive, teria ido até o trabalho dele e dito que o irmão dela iria matá-lo.

Segundo o boletim de ocorrência, o ex-namorado de Luciana relatou que, alguns dias depois, o irmão dela o teria ameaçado com uma arma de fogo.

No boletim, ele afirmou que a ex tinha problemas psicológicos e estava incitando o irmão dela a ameaçá-lo.



Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×