Mulher é presa por queimar mãos de criança com uma colher quente

Ela disse que as queimaduras era para 'punir' por mau comportamento

Uma mulher foi presa no município de Amélia Rodrigues, região metropolitana de Feira de Santana, a 100 quilômetros de Salvador, após queimar as mãos de uma criança de 6 anos com uma colher quente. O caso aconteceu na quinta-feira (25)

Rozilda Lima Ramos, de 45 anos, contou em depoimento à polícia que as queimaduras foram uma forma de punir a menina por "mau comportamento". De acordo com o delegado Idelfonso Monteiro, o Conselho Tutelar recebeu uma denúncia anônima do caso e conduziu Rozilda, que é mãe da madrasta da criança, à sede do conselho.

O delegado identificou as lesões nas mãos da criança e deu voz de prisão à mulher. Rozilda Ramos responderá pelo crime de tortura. A mãe da criança já havia prestado queixa do fato, mas as queimaduras eram pequenas e a suspeita alegou que a garota se queimou ao tentar pegar algo no fogão.


Fonte: G1