mais

“Não tenho culpa”, diz motorista de Conrado e Aleksandro sobre acidente

Conrado, nome artístico do cantor João Vitor Moreira Soares, segue internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional de Registro.

Valdoir Euripedes da Silva, motorista do ônibus da dupla Conrado e Aleksandro, falou pela primeira vez sobre o acidente na rodovia Regis Bittencout, em São Paulo. O acontecimento deixou seis mortos, entre eles Aleksandro e o guitarrista Wisley Novaes.

Leia Mais

Conrado, nome artístico do cantor João Vitor Moreira Soares, segue internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional de Registro. Ele já recobrou a consciência e respira sem aparelhos, segundo o último boletim médico.

Motorista do ônibus de Conrado e Aleksandro fala pela primeira vez sobre acidente (Foto: Reprodução)Motorista do ônibus de Conrado e Aleksandro fala pela primeira vez sobre acidente (Foto: Reprodução)"Eu sei que eu não tenho culpa. Não tenho culpa porque o pneu explodiu e eu perdi a direção", ressalta o motorista dos sertanejos. De acordo com Valdoir, o para-choque do veículo se soltou devido a um desnível na estrada, e isso teria rasgado um dos pneus, ocasionando o acidente.

Em entrevista ao programa Domingo espetacular, que ainda irá ao ar, o motorista afirma que encara a situação com "muita tristeza". As investigações seguem em andamento.

Se houve excesso ou não de velocidade, o laudo técnico irá dizer. Peritos que estiveram na cena do acidente recolheram partes do ônibus, incluindo o velocímetro, peças que se soltaram do veículo no momento em que ele caiu no canteiro central e tombou e analisaram até o tipo de marca que os pneus deixaram no asfalto da antiga rodovia da morte paulista.

Acidente deixou seis ferido, entre eles, Aleksandro (Foto: Divulgação)Acidente deixou seis ferido, entre eles, Aleksandro (Foto: Divulgação)Segundo o delegado Carlos Eduardo Ceroni, responsável pelo caso, a versão contada pelo motorista bate com a dos passageiros acordados na hora do acidente. A maior parte dos 19 integrantes da equipe dormia, caso de Aleksandro, e não usava cinto de segurança.

"Dependendo do resultado da investigação, o motorista pode responder por homicídio culposo e lesão corporal culposa na direção de veículo. Isso não significa que haverá condenação. É preciso saber se houve imperícia ou imprudência", disse.

FONTE: Globo.com
Tópicos

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail