mais

Naufrágio no Rio Parnaíba: Bombeiros encontram corpos de mãe e filha

A embarcação levava pessoas de três famílias que passeavam pelo rio quando a canoa que pertence ao marido de Julianne afundou.

Atualizado às 14h20

Naufrágio no Rio Parnaíba: Bombeiros encontram corpos de mãe e filha 

O 10º Batalhão da Polícia Militar de Uruçuí confirmou que foram encontrados os corpos de Julianne Bezerra Magalhães Saraiva, de 36 anos e sua filha Maria Júlia Magalhães Saraiva Martins, de cinco anos. 

De acordo com informações da secretária Municipal de Saúde de Antônio Almeida, Jamilla Rocha, ao meionorte.com, as vítimas foram encontradas por volta de 13h10. Julianne era professora na cidade de Benedito Leite e diretora de uma escola estadual de Antônio Almeida. As buscas continuam no sentido de encontrar Fernanda Pereira dos Santos, de 18 anos, babá de Maria Júlia.

Julianne havia sido resgatada, mas voltou para o rio na tentativa de salvar a filha - Foto: ReproduçãoJulianne havia sido resgatada, mas voltou para o rio na tentativa de salvar a filha - Foto: Reprodução

Naufrágio no Rio Parnaíba: quem são as 11 pessoas que estavam na embarcação

As 11 pessoas que estavam na embarcação que virou durante um passeio nas águas do Rio Parnaíba, no povoado Macaúba, na zona rural da cidade de Antônio Almeida, no Sul do Piauí, foram identificadas. Seis delas conseguiram se salvar, dois corpos foram encontrados e três seguem desaparecidos.

Entre as vítimas fatais, que tiveram seus corpos encontrados estão Jocilene Araújo Brito, de 38 anos, irmã do vereador de Antônio Almeida, Jociler. Jacilene morava em Floriano, mas era natural de Antônio Almeida e Elissandra Barros Siqueira, de 21 anos, amiga de Jocilene, é de Goiânia e visitava a cidade.

Jocilene Araújo e Elissandra Barros tiveram seus corpos encontrados nesta segunda-feira - Foto: ReproduçãoJocilene Araújo e Elissandra Barros tiveram seus corpos encontrados nesta segunda-feira - Foto: Reprodução

Os três desaparecidos são Julianne Bezerra Magalhães Saraiva, de 36 anos, mãe de Maria Júlia Magalhães Saraiva Martins, de cinco anos, que também está desaparecida. Julianne chegou a ser salva pelo marido, contudo, ao sair do rio e não ver a filha, voltou para a água à procura da menina e desapareceu. A terceira desaparecida é Fernanda Pereira dos Santos, de 18 anos, babá de Maria Júlia.

Os sobreviventes são Dárcio Saraiva Martins, marido de Julianne e pai de Maria Júlia, Valdimar Borges dos Santos, Monalisa Barros de Oliveira, 16 anos, Marcos Túlio Borges de Oliveira, 14 anos, Maria Hortenir Borges dos Santos e Mariane Barros Borges, 5 anos. 

A embarcação levava pessoas de três famílias que passeavam pelo rio quando a canoa que pertence ao marido de Julianne afundou. A cidade está em choque com o ocorrido e a Prefeitura de Antônio Almeida decretou luto oficial, assim como parte do comércio não está funcionando.

Julianne Bezerra e Maria Júlia, mãe e filha, também estavam na embarcação - Foto: ReproduçãoJulianne Bezerra e Maria Júlia, mãe e filha, também estavam na embarcação - Foto: Reprodução

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail