Nossa Senhora de Fátima terá calçadas reurbanizadas e acessíveis

Intervenção envolve 16 quadras na região da avenida

A avenida Nossa Senhora de Fátima ganhará calçadas urbanizadas e acessíveis. As obras de revitalização da via estão sendo executadas e são fruto de uma parceria entre Prefeitura Municipal de Teresina e o Governo do Estado. A intervenção envolve 16 quadras localizadas entre a Rua Visconde da Parnaíba e a Avenida Dom Severino. 

A intenção é que, com a revitalização, o trecho do Polo Gastronômico tenha passeios públicos que garantam o livre acesso e o trânsito de pedestres. Os trabalhos consistem na nivelação, reestruturação e arborização das calçadas, adequando estes espaços à Lei Nº 4.522, denominada de “Lei das Calçadas”. 

“Esse projeto é fruto da nossa intenção para a cidade, onde o pedestre é valorizado e cria-se centralidades vivas para ter uma economia criativa e incentivada pela caminhabilidade”, explica a arquiteta da Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação (Semplan), Ângela Celi. 

Avenida Nossa Senhora de Fátima  (Crédito: Reprodução)
Avenida Nossa Senhora de Fátima (Crédito: Reprodução)

Polo Gastronômico

A Avenida Nossa Senhora é um Polo Gastronômico destinado ao desenvolvimento do setor e também atração de teresinenses e turistas que desejam contemplar os diversos tipos de cozinha que a capital oferece. 

 “É um projeto muito bem feito e visualmente muito bonito, e com ele vamos impulsionar mais ainda o setor econômico. Estamos responsáveis em realizar a comunicação com os proprietários da área, ou seja, está sendo feito comunicados oficial aos comerciantes detalhando o objetivo do projeto e sensibilizando-os quanto aos frutos que essa obra vai proporcionar a região, além da parte de fiscalização dos serviços, uma vez que a intervenção está acontecendo em uma área pública da cidade”, explicou o superintendente de Desenvolvimento Urbano Leste (SDU Leste), João Pádua. 

A obra está sendo executada pela Secretaria de Estado dos Transportes (Setrans). O investimento é de R$ 1.308.038,52 milhões de reais com recurso do Governo do Estado. 

Com a intervenção, o principal objetivo da obra é garantir o cumprimento da Lei de Calçadas, que estabelece novos padrões de calçadas e passeios públicos e critérios para a sua construção ou reconstrução, conservação e utilização, considerando princípios como acessibilidade, segurança e autonomia, desenho urbano, nível de serviço e conforto e sustentabilidade.

“Queremos proporcionar um livre acesso aos pedestres nessa área, sobretudo de pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida. Por isso é importante também nosso diálogo com os proprietários onde podemos esclarecer as dúvidas e explicar os benefícios que esta obra trará à comunidade”, contou Pádua. 

Além da Semplan e da SDU Leste, as Secretarias Municipais de Desenvolvimento Econômico (Semdec) e de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh) também participam do projeto.  As obras de recapeamento asfáltico da Avenida Nossa Senhora de Fátima e das ruas transversais e do entorno foram iniciadas, assim também como a iluminação adequada, visando garantir a segurança dos frequentadores. 

Fonte: Portal Meio Norte
logomarca do portal meionorte..com