Enquanto os homens exercem seus podres poderes tomando decisões que envolvem as vidas - e mortes - de muita gente de forma surpreendente, os leitores, seguidores e crentes nas previsões de Nostradamus e Baba Vanga não ficaram totalmente chocados com o crescente conflito entre Rússia e Ucrânia que, como podemos acompanhar pelo noticiário de hoje, está a meros detalher de ser chamado de guerra.  As informações são da Revista Monet.

Nostradamus e Baba Vanga (Foto: Reprodução) Nostradamus e Baba Vanga (Foto: Reprodução) 

Pois agora as redes estão em polvorosa com a interpretação de algumas quadras escritas pelo astrônomo francês (1503-1566) que indicam uma guerra na Europa em 2022. A previsão feita há centenas de séculos só ganha força quando relacionada aos últimos acontecimentos. Ele, que previu o Grande Incêndio de Londres, a ascensão de Adolf Hitler, o assassinato de John F. Kennedy e como a Rússia avança para o Ocidente, também previu uma próxima guerra em algum momento deste ano. 

O correspondente da CNN Matthew Chance se assusta com início dos bombardeios russos em Kiev (Foto: reprodução Twitter) O correspondente da CNN Matthew Chance se assusta com início dos bombardeios russos em Kiev (Foto: reprodução Twitter) 

As profecias de Nostradamus foram publicados pela primeira vez em 1555, trazendo cerca de 942 eventos que ocorreriam no futuro. Embora seja complicado definir datas exatas com as previsões de Nostradamus, pois elas são baseadas em movimentos astrológicos e não no calendário, a previsão de guerra que atinge a Europa pode ser reduzida a talvez em 2022. 

Por muitas vezes ele foca as previsões de guerra como relacionadas à sua França natal, mas o trecho, que se refere à primavera de 2022, e diz “A cabeça azul causará danos à cabeça branca em tal grau, quanto o bem da França para ambos deve ser”, está sendo relacionado ao conflito na Ucrânia e o possível estopim de uma 3ª Guerra Mundial. A menção dele a uma ameaça do leste se encaixa com a situação atual em torno da Rússia, que invadiu na noite de ontem a nação vizinha da Ucrânia. 

Muitos também veem nos escritos um desdobramento do conflito, com a invasão da China a Taiwan, que também seria vista como a tal "ameaça do leste". A tensão entre os dois países também vive seu pior momento e uma possível invasão é vista como iminente, principalmente se a reação dos países do Ocidente à ação russa for considerada permissiva ou branda demais. 

O presidente russo Vladimir Putin (Foto: Getty Images) O presidente russo Vladimir Putin (Foto: Getty Images) 

A búlgara Baba Vanga (1911-1996), uma vidente cega que se notabilizou por antever o 11 de setembro e o Brexit, fez algumas revelações que seriam para 2021, mas que estão sendo reinterpretadas para o cenário geopolítico atual. Conhecida como 'Nostradamus dos Balcãs', ela previu que o universo terminará em 5079, mas afirmou que a humanidade ainda passaria por "eventos devastadores" antes do ocaso da existência do que conhecemos como mundo. 

Baba previu: "Estamos testemunhando eventos devastadores que mudarão o destino e o destino da humanidade". Ela também afirmou que extremistas russos fariam guerra à Europa, com a Rússia um dia dominando o mundo. Em 1979, durante uma reunião com o escritor Valentin Sidorov, Vanga disse: “Tudo vai derreter, como se gelo, apenas um permanece intocado - a glória de Vladimir, a glória da Rússia".