Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Novo vírus tem semelhanças com a gripe H1N1 de 2009

Influenza G4 EA H1N1 foi registrado em porcos após anos de estudos e ainda não há registro de transmissão entre humanos, mas descoberta gerou atenção caso o vírus sofra mutações

Novo vírus tem semelhanças com a gripe H1N1 de 2009
Anthony Fauci, médico conselheiro da Casa Branca, | Divulgação
Compartilhe

O médico Anthony Fauci, principal conselheiro em epidemiologia na Casa Branca, afirmou nesta terça-feira (30) que o novo vírus descoberto em porcos na China se assemelha aos vírus de gripe que causaram as pandemias de 2008 e 1918. Informações do site G1

Assim como os vírus da chamada "gripe suína" e da "gripe espanhola", esse novo influenza é uma variante do H1N1 — está sendo chamado por cientistas G4 EA H1N1. A descoberta vem de estudos que levaram anos em abatedouros chineses, e, por enquanto, NÃO há relatos de transmissão entre humanos (leia mais no fim da reportagem).

Fauci explicou a parlamentares no Congresso dos Estados Unidos qual o risco desse novo vírus de gripe à saúde humana. "Em outras palavras, quando você tem um novo vírus que se torna um vírus pandêmico é porque sofreu mutações e/ou por reorganização ou mudanças de genes", afirmou.

"É algo que ainda está sendo examinado, não é uma ameaça imediata em que você está vendo infecções, mas é algo que precisamos ficar de olho da mesma forma que fizemos em 2009, com a chegada da 'gripe suína'", acrescentou Fauci.

Oito anos de pesquisa

O estudo sobre o novo vírus influenza foi publicado na segunda-feira na revista científica "Proceedings of the National Academy of Sciences" por pesquisadores da Universidade Agricultural Chinesa com análises em mais de 30 mil porcos entre 2011 e 2018. Veja mais no VÍDEO acima.

De acordo com os cientistas, não há provas de que os humanos estejam imunes a esses vírus. Porém, como já existe tratamento e vacina para outros subtipos da gripe, a descoberta pode antecipar a produção de remédios e imunização antes que a doença se torne um problema para a saúde pública.

Quando o novo coronavírus causador da Covid-19 foi descoberto, por exemplo, a doença já se espalhava entre humanos — o que deu condições para que a nova doença se tornasse pandemia.




Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar