Observatório da violência será criado em parceria entre PMT e Uespi

Criação do observatório faz parte das ações de segurança

O projeto de cooperação técnica para criação de um observatório da violência foi apresentado pelo secretário municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI), Samuel Silveira ao reitor da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Nouga Cardoso, na quarta-feira (06). A criação do observatório da violência faz parte das ações do projeto Vila Bairro Segurança, que será lançado pela Prefeitura de Teresina.

Image title

O secretário Samuel Silveira explica que com esse observatório será possível analisar e propor soluções para a redução dos índices de criminalidade na capital. A ideia é unir dados sobre a violência, levantados pela Secretaria de Segurança do Piauí, com informações levantadas pelo Município, juntamente com os estudos científicos e pesquisas sobre o assunto, feitos por professores e estudantes das universidades do Piauí. Samuel pretende também levar o projeto para a UFPI.

“O nosso desejo é de criar um observatório de violência aqui para Teresina, porque os índices de violência, infelizmente, estão crescendo em nossa cidade. Já mantivemos conversa com a Secretaria de Segurança e nossa intenção é realizar um termo de cooperação técnica com a UESPI e também com a UFPI, para que haja uma leitura dos dados e pesquisas sobre a questão da violência em Teresina”, informa o secretário, destacando que, a partir da parceria, poderão ser construídas alternativas com políticas públicas no sentido de diminuir os números da violência.

O reitor da UESPI, Nouga Cardoso, elogiou a iniciativa da Prefeitura de Teresina, por meio da SEMCASPI, em propor soluções para o problema da violência. “Nós temos vários professores que podem contribuir com o conhecimento nos mais diversos pontos de vista a serem observados na questão da violência e estamos à disposição para contribuir nesta ação da SEMCASPI”, garante Nouga Cardoso.

Fonte: Com informações da Ascom