Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Papa parte para uma peregrinação de três dias na Áustria

Papa parte para uma peregrinação de três dias na Áustria

Compartilhe

Bento XVI inicia na sexta-feira uma peregrina??o de tr?s dias na ?ustria, onde espera um ambiente cultural e espiritual mais familiar do que em suas ?ltimas viagens, de tom mais aventurescos, ? Turquia e ao Brasil.

O Papa alem?o centrar? sua mensagem na identidade da Europa e seu papel no mundo, informou o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi.

O santu?rio mariano de Mariazell em Estiria (sudoeste de Viena), que visitar? no s?bado, ? "uma dire??o europ?ia", segundo as palavras do cardeal Christoph Schonborn, arcebispo de Viena. H? s?culos esse lugar atrai a aflu?ncia incessante de peregrinos da Europa Central.

Outro objetivo da s?tima viagem pastoral do Papa, que come?ar? e concluir? em Viena, ? infundir ?nimo ? Igreja austr?aca, que acaba de atravessar "anos dif?ceis", explicou o padre Lombardi.

A Igreja austr?aca, golpeada pela seculariza??o que afeta todo o continente europeu, sofreu fortes tens?es entre os conservadores e os liberais, assim como os efeitos do movimento democr?tico e feminista, que agita o mundo eclesial europeu, e continua muito vivo. Al?m disso, v?rios esc?ndalos de pedofilia mancharam a reputa??o do clero.

Em uma carta dirigida aos cat?licos austr?acos, cujo n?mero chegaria a seis dos oito milh?es de habitantes, segundo o Vaticano, o Papa alem?o insiste que preza muito a ?ustria, um pa?s do qual se sente pr?ximo desde a inf?ncia.

Mas o chefe da Igreja cat?lica quer, antes de mais nada, estar em contato com o presente: "os conflitos e as quest?es de uma ?poca que se torna cada vez mais r?pida, a fragiliza??o da f? e a dificuldade de ser crist?o em coexist?ncia com diferentes culturas e tradi?es", antecipa.

A viagem tomar? a forma de peregrina??o por ocasi?o do 850o. anivers?rio da funda??o do santu?rio de Mariazell, e n?o de uma visita pastoral, em fun??o do que a presen?a de multid?es ser? modesta, comentou o padre Lombardi.

A esplanada de Mariazell, onde Bento XVI concelebrar? uma missa no s?bado pela manh?, tem capacidade para acolher no m?ximo 50.000 fi?is e a pra?a da catedral de Viena, onde presidir? a missa dominical, a uns 10.000.

O p?blico ser? composto essencialmente por dirigentes das comunidades paroquiais. De qualquer maneira, a Igreja conta com a televis?o para que esta viagem tenha o maior alcance poss?vel.

Esta viagem do chefe da Igreja cat?lica ? ?ustria coincide com a celebra??o em Sibiu (Rom?nia) de uma grande congrega??o ecum?nica europ?ia, a terceira desde o lan?amento do movimento ecum?nico.

Cerca de 2.500 participantes de todas as confiss?es crist?s, entre eles o patriarca de Constantinopla, Bartolomeu I e os prelados ortodoxos russos, assim como o presidente da Comiss?o Europ?ia, Jos? Manuel Dur?o Barroso, e o secret?rio-geral do Conselho da Europa, Terry Davis, t?m previsto assistir a este encontro, que poder? ofuscar a viagem do Papa.

O Vaticano assegura que n?o passa de coincid?ncia.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar