Paquistão: Não há sobreviventes do avião que se despenhou

Avião da Pakistan International Airlines lelava 40 pessoas a bordo.

Na tarde desta quarta-feira, dia 07, uma utoridade de Aviação Civil do Paquistão confirmou por meio do Twitter, que não há sobreviventes do acidente com uma aeronave com 47 passageiros que desapareceu logo após decolar.  A aeronave sobrevoava uma área montanhosa no Norte do Paquistão.

"Vinte e um corpos foram encontrados até agora", indicou uma fonte do exército. O avião da Pakistan International Airlines, a maior companhia aérea do Paquistão, despenhou-se esta quarta-feira nos arredores da cidade de Havelian, no distrito de Abottabad, disse à agência Reuters fonte policial.

A aeronave, um ATR-42 que levaria 47 pessoas a bordo - um porta-voz da companhia disse à AFP que viajavam no avião 37 passageiros, mais tripulação - perdeu contacto com os radares pouco depois de ter descolado da cidade de Chitral, no norte do país, pelas 16:30 (menos cinco horas em Portugal). Viajava com destino a Islamabad, a capital do Paquistão, tendo caído a cerca de 70 quilómetros desta cidade, indica a BBC.

A Reuters cita um responsável do governo na região: "Todos os corpos estão queimados e irreconhecíveis. Os destroços estão dispersos", revelou Taj Muhammad Khan, a partir do local do acidente. O mesmo responsável diz ter sido informado por testemunhas de que o avião, que se despenhou numa zona montanhosa, estava em chamas antes de cair no solo.

Local onde teria ocorrido a queda (Crédito: EPA/STRINGER)
Local onde teria ocorrido a queda (Crédito: EPA/STRINGER)
Avião com 47 pessoas a bordo desaparece no Paquistão
Avião com 47 pessoas a bordo desaparece no Paquistão


Fonte: Com informações do DN.
logomarca do portal meionorte..com