Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

‘Peguei o rosto dela e corri’, diz namorado que socorreu jovem em kart

Débora Stefanny Dantas de Oliveira teve o couro cabeludo e parte da pele arrancados. Jovem está internada no Hospital da Restauração, no Recife.

Compartilhe

O namorado da jovem de 19 anos, que teve o couro cabeludo arrancado em um kart, falou sobre o acidente e recordou o resgate, ocorrido no domingo (11). "Eu peguei o rosto da minha namorada na minha mão, botei em uma sacola [...] e corri", disse o microempresário Eduardo Tumajan, nesta terça-feira (13). As informações são do G1.

 Vídeo mostra jovem que teve couro cabeludo arrancado andando de kart antes do acidente 

Débora Stefanny Dantas de Oliveira estava com o namorado na pista de kart no estacionamento do Walmart, localizado na esquina da Avenida Fernando Simões Barbosa com a Rua Padre Carapuceiro, em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. Desde o acidente, ela está internada no Hospital da Restauração, no bairro do Derby.

Débora tinha o cabelo longo, até quase a altura da cintura, e o prendeu para poder correr, relatou o namorado. No momento do acidente, ela usava a touca no mesmo estilo da usada por pilotos, segundo ele.

Débora Dantas, de 19 anos, sofreu escalpelamento  — Foto: Acervo pessoal

“Foi um negócio muito rápido. A gente estava no kart, eu dei a primeira volta. Vi que o carro dela parou, quando eu ia ultrapassar, achei que ela tinha batido. Quando eu parei, ela tava com daqui [da testa] para cima todo cortado, só estava o osso”, disse.

Ao perceber o que aconteceu, Eduardo contou que saltou do kart e retirou a namorada do veículo. "A gente esperou por ajuda, mas não veio ajuda. O máximo que fizeram foi Ligar para o SAMU [Serviço de Atendimento Móvel de Urgência] e seguranças assim ficaram de longe olhando", afirmou o namorado.

O cabelo e a parte do rosto arrancados no acidente foram colocados na sacola e, com auxílio de um senhor que estava também no local, o microempresário socorreu a namorada para o Hospital da Restauração.

O cirurgião Jonathan Vidal, em coletiva de imprensa nesta terça, explicou que, como o material foi levado para o hospital, médicos dos setores de neurocirurgia e de cirurgia plástica do HR conseguiram recuperar e reimplantar 80% da área atingida em uma cirurgia que durou cinco horas.

Um vídeo mostra a jovem na corrida de kart momentos antes do acidente. Ela é a primeira a aparecer no vídeo, no carro de número 01. 

A Polícia Civil está investigando o caso e, nesta terça, uma equipe do Instituto de Criminalística (IC) esteve na pista de kart para realizar perícia. O advogado da empresa acompanhou, a distância, o trabalho dos peritos.

“Todos os procedimentos de segurança foram tomados. O cabelo da senhora Débora foi preso usando uma balaclava e um capacete. O kartódromo está tomando as providências para que, após a cirurgia no Hospital da Restauração, que é referência para esse tipo de situação, ela seja removida para um hospital particular para ter um acompanhamento médico mais adequado, que requer mais cuidados e eventuais situações médicas serão obviamente cuidadas pelo kartódromo", afirmou o advogado da empresa Adrenalina Kart Racing, Carlos Arthur Ferrão Júnior.

Desde a segunda-feira (12), a pista de kart foi interditada pelo Procon de Pernambuco, que fez uma fiscalização no local.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar