Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

PF: quadrilha de crackers recebia ajuda de empresas

PF: quadrilha de crackers recebia ajuda de empresas

Compartilhe

A quadrilha suspeita de invadir contas banc?rias, desmantelada nesta sexta-feira pela Pol?cia Federal, contaria com a ajuda de laranjas, agenciadores e tamb?m de donos de empresas de bens de consumo que colaborariam com o esquema.

De acordo com a PF, essas empresas emitiam boletos banc?rios falsos com valores que chegavam a at? R$ 8 mil. Eles utilizariam as senhas banc?rias capturadas atrav?s de spams e v?rus distribuidos na Internet.

Em seguida, os crackers pagariam os boletos utilizando as contas das v?timas. Quando o cliente do banco reclamava da transa??o indevida em sua conta, as empresas agenciadas emitiriam outras notas fiscais frias que comprovavam que o pagamento teria sido realizado pela v?tima, de acordo com a Pol?cia Federal.

Durante os oito meses de investiga?es da Pol?cia Federal, 200 transa?es desse tipo foram detectadas. Segundo o Delegado de Repress?o a Crimes Fazend?rios de Belo Horizonte, Felipe Koch Torres, a principal dificuldade das investiga?es foi a necessidade da quebra de sigilo banc?rio dos suspeitos.

A PF estima que a quadrilha agia h? cinco anos e que cada cracker teria conseguido retirar uma m?dia de R$ 600 mil por ano. O nome da opera??o, apelidada de Il?ada, faz men??o ao mito do Cavalo de Tr?ia, nome de um dos tipos mais comuns de v?rus que se espalham pela Internet.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar