PI:Empresa canadense quer evento esportivo internacional no litoral

Empresa canadense BRP quer evento de quadriciclos no litoral.

A empresa canadense BRP, que fabrica quadriciclos e motos aquáticas, apresentou ao governador Wellington Dias um projeto para realização de um evento esportivo internacional de quadriciclos no litoral do Piauí. A ideia é atrair turistas de várias partes do Brasil e do mundo por meio do esporte, a exemplo do que ocorre com o kitesurf, esporte aquático que tem campeonatos anuais em Cajueiro da Praia, com etapas nacionais e mundiais.

Durante encontro em Toronto, no Canadá, o vice-presidente da BRP, Robert Lumley, disse a Wellington que a empresa realiza com sucesso eventos esportivos no Canadá e no México, com bastante participação de turistas e um bom retorno econômico para os locais onde são realizados. “A proposta sempre é levar o evento a lugares preservados e com natureza exuberante”, explica Lumley.

O governador ressaltou que a ideia de um campeonato internacional de quadrículos é totalmente viável, principalmente porque o litoral piauiense faz parte do roteiro turístico Rota das Emoções, que integra parte da área litorânea dos estados do Maranhão, Piauí e do Ceará. “Inclusive, já estamos agendando um encontro com os gestores dos outros dois estados para discutirmos a proposta”, afirmou Dias.

O litoral do Piauí, especialmente a praia de Barra Grande, tem o potencial para esse tipo de evento, semelhante às provas de kitesurf, que passaram a atrair atletas nacionais e mundiais depois da iniciativa de Wellington em 2004, quando fez viagens à Espanha para viabilizar o esporte na região de Cajueiro da Praia, que tem os melhores ventos para a prática. “Quando trabalhamos lá atrás para trazer campeonato mundial de kitesurf, houve uma negociação intensa e ninguém acreditava. Hoje, é uma realidade em Barra Grande”, lembrou o chefe do Executivo piauiense.

A reunião com o empresário canadense teve a participação do cônsul-geral adjunto no Consulado do Brasil em Toronto, Ademar Seabra. Ele ficou responsável de facilitar o contato entre o Piauí e o Canadá para a execução do projeto. “A iniciativa tem um especial interesse para o Brasil, pois é uma maneira de desenvolver a economia de uma forma sustentável, por meio de modalidade esportiva”, disse Seabra.

Fonte: Portal do Governo do Piauí
logomarca do portal meionorte..com