Piauí recebe mais de R$ 38 milhões para investir na Saúde

Serão beneficiados hospitais de Teresina e mais 17 municípios

A rede hospitalar do Piauí recebeu, ao final do ano de 2016 e início de 2017, mais de R$ 38 milhões, provenientes de emendas parlamentares e programa de projetos da Secretaria de Estado da Saúde, para melhoria estrutural, aquisição de equipamentos, insumos e produtos, contemplando tanto os hospitais da rede estadual como municipal. A transferência refere-se a propostas apresentadas nos anos de 2015/2016 ao Fundo Nacional de Saúde, do Ministério da Saúde.

Serão beneficiados hospitais dos municípios de Teresina, Parnaíba, Esperantina, Campo Maior, São João do Piauí, Luzilândia, Barras, Oeiras, Valença, Picos, Corrente, Canto do Buriti, Piripiri, Bom Jesus, São Raimundo Nonato, Uruçuí, Floriano, Simplício Mendes, além de outros hospitais e unidades de saúde do Piauí, gerenciados pelos municípios.

O secretário Francisco Costa comemora os recursos recebidos. “Tivemos uma boa oportunidade, através de vários parlamentares, tanto da Câmara como do Senado da nossa bancada, de ter uma atenção especial para a saúde do nosso Estado. São emendas que foram colocadas tanto no ano de 2015 como de 2016, muitas delas com recursos disponibilizados em conta, que serão para aquisição de equipamentos, obras, custeio e manutenção dessas unidades hospitalares”, afirma.

Secretário de Saúde, Francisco Costa (Crédito: Reprodução)
Secretário de Saúde, Francisco Costa (Crédito: Reprodução)

Ainda está prevista para o Orçamento de 2017, emenda na ordem de 130 milhões para o custeio, não só da Secretaria de Estado, mas também das secretarias municipais de diversos municípios do Estado do Piauí.

“Essa emenda vai ajudar muito na manutenção dos serviços. Hoje é uma realidade o volume crescente das despesas de custeio, gerando um estrangulamento tanto da Secretaria de Estado da Saúde como também das secretarias municipais”, esclarece Costa.

Somente em programas de projetos da Secretaria foram disponibilizados R$16.859.090,00, que serão destinados para aquisição de equipamentos, no valor de R$16 milhões, e ampliação da Rede Cegonha.

Emendas

Ainda senador, o governador Wellington Dias destinou R$ 3.912.343,42 milhões para beneficiar os hospitais estaduais e unidades básicas de saúde para aquisição de produtos e equipamentos.

A senadora Regina Sousa direcionou mais de R$ 3 milhões para aquisição de equipamentos para futura instalação de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em Campo Maior. Nos hospitais de Parnaíba, Picos, Floriano e União os recursos serão utilizados na estruturação dos centros cirúrgicos.

O deputado federal Assis Carvalho garantiu o repasse de R$ 6.147.754,38 em emendas para os hospitais da rede estadual de Esperantina, Campo Maior, Barras, Oeiras, Valença e hospitais locais de Altos e Pedro II, como também para unidades básicas em 31 municípios.

A deputada federal e secretária de Estado da Educação, Rejane Dias, destinou o valor de R$ 1.799.930,00 para a construção do Centro Especializado em Reabilitação (CEIR-II) em São João do Piauí e unidades de saúde de Simplício Mendes.

O Hospital da Polícia Militar do Piauí (HPM-PI) receberá R$ 1 milhão para aquisição de equipamentos, com emendas do deputado federal e secretário de Estado da Segurança, Fábio Abreu. O deputado também destinou aproximadamente R$600 mil para aquisição de equipamentos para 47 unidades básicas de saúde e hospitais.

Os senadores Elmano Ferrer e Ciro Nogueira também destinaram recursos à melhoria da rede hospitalar do Estado. Foram R$ 1,5 milhões e R$ 483.824,00, respectivamente.

Saúde em 2017

Segundo o secretário, parlamentares já sinalizaram que para 2017 vão alocar mais recursos para o estado do Piauí na área da saúde e, com o incremento de receitas trazidas pelo aumento do faturamento dos hospitais, a disponibilidade financeira com recursos do Tesouro Estadual irá contribuir na melhoria e resolutividade dos serviços oferecidos à população piauiense.

Fonte: Portal Meio Norte
logomarca do portal meionorte..com