Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

PL com descontos em mensalidades estudantis é sancionada no Piauí

A decisão foi publicada no Diário Oficial da União nesta quarta-feira, 15 de julho.

PL com descontos em mensalidades estudantis é sancionada no Piauí
PL com desconto em mensalidades estudantis é sancionada no Piauí | Divulgação
Compartilhe

O Projeto de Lei Ordinária n° 64/2020, de autoria dos deputados Gessivaldo Isaías (Republicanos) e Henrique Pires (MDB), que dispõe sobre a redução escalonada nos valores das mensalidades escolares pagas pelos estudantes das escolas particulares do Piauí durante a pandemia da Covid-19, votado e aprovado pela Assembléia Legislativa do Piauí (ALEPI), foi sancionado pelo Governo do Estado do Piauí na última terça-feira (13). A decisão foi só publicada no Diário Oficial da União nesta quarta-feira, 15 de julho.

O projeto de lei  que propõe redução proporcional das mensalidades da rede privada de ensino durante o período de suspensão de aulas presenciais decorrente das medidas de enfrentamento da pandemia  prevê que as mensalidades serão reduzidas em 15% nas escolas com até 200 alunos, 20% nas que tiverem entre 201 e 501 alunos, de 25% nas que contarem entre 501 a mil alunos e 30% nas que tiverem acima de mil estudantes matriculados. Os descontos deixarão de ser aplicados com o final da pandemia. 

"Ficam as instituições, obrigadas a oferecerem descontos em suas mensalidades, bem como ficam as referidas instituições obrigadas a suspenderem a cobrança de juros e multas pela inadimplência das mensalidades enquanto vigorar o Decreto Estadual que suspendeu as aulas da rede privada de ensino em decorrência da pandemia causada pelo novo coronavírus ", diz trecho da decisão. 

O descumprimento do decreto acarretará às instituições uma aplicação de multas nos termos do Código de Defesa do Consumido.

Veja

Decisão foi publicada no Diário Oficial da União (Divulgação)






Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar