Polícia francesa prende 16 acusados de assalto a Kim Kardashian

Os suspeitos foram levados para interrogatórios

Nesta segunda(9), 16 pessoas foram detidas pela polícia francesa acusadas de ligação com o assalto a Kim Kardashian em Paris, em outubro do ano passado. Os suspeitos foram levados para interrogatórios e serão submetidos a exames de DNA. 

Aproximadamente US$ 11 milhões foram levados, além de dois celulares. Após o ocorrido, a socialite, embarcou em um jato privado para os EUA acompanhada pelo seu assistente e guarda-costas pessoal Pascal Duvier.

Desde que sofreu o assalto, Kim Kardashian ficou afastada das redes sociais e de eventos. Elavoltou ao Instagram após longas 13 semanas sem posts na rede social e publicou uma foto na qual aparece com os filhos, North, 3 anos, e Saint West, 1, e o marido, o rapper Kanye West. Na legenda, escreveu: "Família". Os fãs ficaram eufóricos. "A rainha voltou", disse um. "O melhor dia da minha vida", comentou outro. "Ela renasceu", brincou mais um.

Em novembro, o marido da socialite, Kanye West, foi internado em uma clínica psiquiátrica após um colapso nervoso que o fez cancelar sua turnê. Dez dias depois, teve alta.

Kim Kardashian  (Crédito: Reprodução)
Kim Kardashian (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com